Dogue canário

Cachorro Dogue canário

Origem e história

Pesquisas indicam que o cão Dogue Canário, também conhecido como Dogo Canário, Canary Dog ou Presa Canario, foi originado nas Ilhas Canárias há quatro séculos. Existe muita incerteza de como a raça se desenvolveu até tornar-se o que ela é hoje, porém, existem teorias que afirmam que invasores espanhóis levaram às Ilhas Canárias cães do tipo Mastiff que, ao cruzarem com os cães nativos da ilha, deram origem a esta raça forte.

Existem relatos datados do século XVI em que são feitas referências a esta raça. Contudo, na época, não era uma raça definida, e muito menos reconhecida, tendo em vista que sua morfologia não era uniforme, devido ao cruzamento com as raças espanholas. Pouco a pouco, a raça começou a ganhar evidência, muito por conta de sua grande capacidade de trabalho. Os cães começaram a ser utilizados como guardiões de casas, propriedades, rebanhos e até mesmo de gado.

De acordo com os registros históricos, no século XVIII, a raça passou perto de ser extinta, devido à influência dos ingleses nas Ilhas Canárias, que costumavam promover brigas entre cachorros grandes e fortes. Felizmente, algum tempo depois, estas brigas foram proibidas.

Até hoje, o Dogue Canário não foi incluído entre raças raras pelo AKC (American Kennel Club, um dos maiores clubes de registro genealógico de cães de raça pura do mundo), mas existem criadores da raça espalhados pelo mundo. No Brasil, os primeiros exemplares chegaram no final do ano de 2002.

Dogue Canário Cores

O Dogue Canário possui um contorno vigoroso, de tamanho médio para grande, e é um cão coberto por pelos ásperos e lisos, que geralmente se apresentam em cores tigradas, habitualmente mesclando o marrom e o preto. Em alguns casos, o cão nasce com uma máscara preta, que não costuma passar da altura de seus olhos.

Alguns cães da raça podem possuir a cor tigrado claro ao escuro, quase negro, e alguns exemplares possuem tons dourados e marrom claro. Podem existir alguns cães que possuam marcas brancas no peito, na base do pescoço, na garganta e nas patas posteriores.

Diferenças entre espécies

Dogue Canário Cane Corso

Algumas pessoas tendem a confundir as raças Dogue Canário e Cane Corso. Ambas pertencem à categoria de cães de guarda, porém, se comparados os padrões das raças, cada uma possui peculiaridades totalmente diferentes, tais como o tipo de mordida, linha superior, proporção entre o crânio e o focinho, além da altura e do peso. Nem mesmo na história das raças eles possuem qualquer ligação.

Pensando em temperamento, o Cane Corso não possui um perfil dominante, sendo naturalmente submisso, enquanto que o Dogue Canário é extremamente dominante, havendo a necessidade de seu tutor possuir pulso firme, para que possa impor a liderança e ser respeitado.

Dogue Canário Dogo Argentino

Os Dogos Argentinos são cães muito leais e dedicados à família, que reúnem muitas qualidades, conseguindo ser caçadores, bons guardas, e muito carinhosos. O Dogo Canário também possui estes atributos, sendo mais robusto do que o Argentino, e um pouco mais teimoso.

Dogo Canário vs Pitbull

Quando se pensa em cão feroz, no Brasil, logo vem à mente do brasileiro o famoso Pit Bull. Treinadores afirmam que isto depende muito da convivência do animal com o seu tutor, e até mesmo de herança genética, mas o fato é que muitos cães desta raça tendem a ser mais bravos do que os de outras.

Leigos poderão confundir o Dogo Canário com o Pit Bull em razão do formato parecido de suas cabeças. A diferença entre os aspectos físicos está em suas traseiras, tendo em vista que a do Dogo é mais alta que a cabeça e, além disso, possui o pescoço mais largo. Diferentemente do Pit Bull, o Dogo não é considerado de uma raça violenta.                            

Temperamento

Dogue Canário Personalidade

O Dogue Canário é um cão de temperamento forte, seguro de si e muito equilibrado. Seu instinto protetor é uma de suas características mais marcantes, e isto é natural, considerando que, historicamente, a proteção já foi uma de suas principais funções.

Pode ser um cão muito territorialista, mas possui uma personalidade muito equilibrada e aprende tudo o que lhe é ensinado com facilidade, tendo em vista que é de uma raça extremamente inteligente.

Mesmo sendo muito carinhoso com sua família, devoto e leal ao seu dono, o instinto protetor do Dogue o torna distante com quem não conhece. Desta forma, como todo cachorro de grande porte, deve ser socializado desde filhote, evitando assim o uso de força desmedida com estranhos.

Dogue Canário Filhote

O filhote de Dogue Canário deve receber um correto adestramento, passando por uma boa socialização, para que se torne, além de um cão leal e amoroso com seus donos, um cachorro amigável com as visitas.

De porte nobre, muito protetor e dócil, o Dogue Canário é um cão independente, mas fiel ao dono e obediente aos comandos que aprende.

Quando se pensa em um cão de guarda de confiança, sem dúvidas o Dogue Canário cão corresponde totalmente às expectativas.

Cuidados

Apesar de seu grande porte, o Dogue Canário é relativamente fácil de ser cuidado. Sua pelagem áspera não costuma cair muito, necessitando apenas de banhos e escovações ocasionais.

Com o objetivo de manter-se saudável e gastar sua energia, é importante que este cão seja levado diariamente para caminhar. Os exercícios regulares são mais adequados do que maratonas ocasionais, que podem, inclusive, desenvolver problemas na articulação do animal. É importante ter atenção quanto ao volume e intensidade de exercícios realizados.

Saúde

Pensando na saúde do Dogue Canário, os principais problemas são os relacionados à articulação, principalmente a displasia canina, bem como alguns problemas de pele. Desta forma, o tutor deve sempre levar seu cão ao veterinário para proceder com exames de rotina, visando prevenir quaisquer tipos de problemas que o animal possa desenvolver.

Alimentação

Quando filhote, o Dogue Canário precisa de uma alimentação bem equilibrada e saudável. No primeiro ano de vida, é importante que seu alimento seja rico em proteína. Aliado à boa alimentação, devem ser feitos exercícios de forma regular e moderada, para que o cão possa gastar a energia e evitar a obesidade.

Quando passar do primeiro ano de idade, sua alimentação dependerá muito do seu porte, metabolismo e até mesmo da frequência com a qual ele pratica atividades físicas. Lembrando que a qualidade da ração é fundamental para que seu cão cresça de forma saudável.

Preço

Dogue Canário Valor

O preço do dogue canário varia, no Brasil, entre R$1.500,00 a R$3.000,00, a depender de onde for comprado. Ele é facilmente encontrado em sites de compra e venda, sempre sendo necessário verificar a reputação e procedência do vendedor antes de efetuar a compra.

Dogue Canário Canil

Existem alguns canis no país que possuem exemplares da raça. Um exemplo é a Estância Kirst, em Caucaia – CE, que se propôs a iniciar a criação deste animal há alguns anos.

O Kane Club, situado em Curitiba – PR, é um canil que também possui alguns exemplares da raça.

Seja qual for o canil escolhido, é muito importante pesquisar sua reputação antes da aquisição do animal, bem como fazer uma visitação, tanto para conhecer os pais do cãozinho, quanto para verificar se são bem tratados no local de criação.

A raça Dogue canário está na categoria Raças