Cão d’Água americano

Cachorro Cão d’Água americano

 Cão d’Água Americano é originário dos Estados Unidos e possui excelentes habilidades de nado. Além disso, tem um temperamento muito amigável, é inteligente e dócil. Conheça mais sobre esse peludo encantador.

Origem e história

O Cão d’Água Americano, cujo nome original é American Water Spaniel, foi criado em Wisconsin, nos Estados Unidos. Não se sabe ao certo quando nem como a raça surgiu.

No entanto, acredita-se que tenha sido do cruzamento de outros cães d´água, como o Spaniel de Água Irlandês, apesar de ser menor que ele. Alguns especialistas acreditam que o Retriever de Pelo Ondulado e o Field Spaniel também estejam em sua linhagem.

Ele foi criado e desenvolvido para ser um cão de caça, principalmente na água. No início do século XX, era muito utilizado para caçadas de aves. Ia com os caçadores dentro dos botes e, quando as presas eram capturadas, ele pulava na água para buscá-las e trazê-las ao barco.

Cão d’Água americano

Por conta disso, esse cão desenvolveu excelentes habilidades como nadador. Até hoje, essa é uma raça caracterizada por gostar muito de estar em contato com a água, que é inclusive de onde surgiu seu nome.

Em 1985, ele foi declarado o cão oficial do estado de Wisconsin. Atualmente, não é uma raça tão popular nem mesmo para as caçadas. No entanto, conquistou muitos criadores e acabou se tornando um cão de companhia, devido ao seu comportamento dócil e amigável.

Apesar de não ser muito conhecido fora dos Estados Unidos, o Cão d’Água Americano tem certa popularidade por lá, especialmente em seu Estado de origem. Sua aparência, caracterizada pela pelagem encaracolada, as orelhas grandes e o olhar doce, conquista quem o conhece.

Temperamento

Os cães d´água, em geral, costumam apresentar comportamentos bastante parecidos. Essa raça possui um temperamento bastante agradável, que o torna um excelente cão não somente de caça, mas também de companhia.

Cão d’Água Americano: temperamento

O Cão d’Água Americano é um animal extremamente amigável e dócil. Por conta disso, é uma ótima opção para cão de companhia. Ele costuma se dar muito bem com outros animais, não tendo problemas de convivência.

Com as visitas esse cachorro também costuma se dar bem. No entanto, para evitar que se torne tímido ou desconfiado, o ideal é acostumá-lo desde pequeno com estranhos.

Cão d’Água americano 2

É também um excelente cão para famílias que possuem crianças. Ele tem bastante energia e adora passar o dia inteiro brincando com elas. Além disso, não costuma ficar bravo nem apresentar um comportamento agressivo.

Esse cão é também muito carinhoso com as pessoas de seu convívio. Ele gosta de estar sempre ao lado de seus donos, acompanhando-os pela casa para todos os cantos em que vão. Ele gosta muito de companhia, e pode se sentir triste e estressado se for deixado longas horas sozinho.

O Cão d’Água Americano também é um animal muito obediente. Como foi treinado para ser um cão de caça, ele entende muito bem os comandos que recebe e está sempre pronto para fazer aquilo que lhe foi ordenado.

Essa raça apresenta ainda uma grande inteligência. Ele tem muita facilidade em farejar, encontrar coisas perdidas e também caminhos.

Cuidados

A raça Cão d’Água Americano é bastante fácil de cuidar, não exigindo muitos cuidados específicos, exceto por sua pelagem.

Um dos principais cuidados que se deve ter desde que se adota um filhote dessa raça são as visitas ao veterinário. Elas devem ser feitas pelo menos uma vez a cada seis meses, para que o especialista possa fazer exames de rotina.

Outro cuidado é em relação às vacinas. Elas devem ser dadas sempre em dia, respeitando todas as doses. Assim, é possível prevenir possíveis doenças e contaminações.

Além disso, é preciso investir em um bom treinamento em seus primeiros meses de vida. O filhote de Cão d’Água Americano pode ter uma carinha difícil de resistir e de dar bronca. No entanto, para que ele não se torne um cão adulto desobediente mais tarde, é preciso ter um pulso firme para educá-lo.

Saúde

Esse é um cão com uma expectativa de vida bastante alta, chegando facilmente aos 15 anos de vida. Porém, para que atinja essa idade com saúde e tenha um bom desenvolvimento, é preciso tomar alguns cuidados relacionados à sua saúde.

Alguns problemas que o Cão d’Água Americano apresenta com mais frequência e aos quais deve-se sempre estar atento:

Problemas de saúde mais comuns

Diabetes: é preciso controlar sua alimentação e prevenir a obesidade. Os exercícios físicos podem ajudar nisso. Além do mais, nunca se deve oferecer a esse cão alimentos industrializados próprios para seres humanos, como doces e salgadinhos.

Catarata: é importante estar sempre observando os olhos do animal, especialmente quando ele atinge a maturidade. A qualquer sinal de anormalidade, deve-se levá-lo ao veterinário o quanto antes.

Alergias: esse animal pode apresentar a pele e o organismo um pouco sensíveis. Portanto, é preciso tomar muito cuidado com o que ele come, o ambiente onde vive e os produtos que são usados em sua higiene.

Epilepsia: apesar de ser mais raro, esse tipo de problema pode acontecer com o Cão d’Água Americano. O ideal é levar o animal ao veterinário imediatamente e não deixá-lo sozinho por muito tempo em casa.

Como cuidar

O Cão d’Água Americano precisa de alguns cuidados para que se desenvolva da melhor forma possível, com saúde e bem-estar.

Seu tamanho é considerado médio, e sua altura fica normalmente entre 37 e 45cm. Os machos pesam entre 12 e 20 quilos e as fêmeas variam entre 11 e 18 kg.

Por conta de seu tipo físico, o Cão d’Água Americano precisa de bastante exercícios físicos. O ideal é que ele tenha um bom quintal para correr e brincar ao longo do dia. Caso não seja possível, é preciso levá-lo para passear todos os dias.

Como esse cão gosta bastante de ficar na água, é preciso ter alguns cuidados quanto a isso. Sempre que o animal se molhar, é preciso secá-lo muito bem para evitar problemas de pele depois.

Sua pelagem também exige alguns cuidados especiais. Os banhos devem ser quinzenais, e em períodos mais quentes podem ser semanais. E precisam ser muito bem escovados e secos. A escovação, inclusive, deve ser realizada pelo menos uma vez na semana.

A tosa é bastante importante durante o verão, e deve ser feita pelo menos uma vez ao mês. Além disso, é preciso estar sempre olhando para detectar se não há a presença de carrapatos e outros parasitas, que podem trazer doenças para o animal.

Outro cuidado importante é em relação às orelhas. Por serem grandes e caídas, elas estão mais propícias a infecções. Portanto, é preciso sempre limpá-las muito bem com um algodão macio e um produto próprio de uso veterinário.

Alimentação

A alimentação do Cão d’Água Americano é um cuidado muito importante que os donos devem ter. Afinal, é através dela que o cão receberá todos os nutrientes dos quais precisa para se desenvolver da melhor forma possível.

Essa alimentação deve ser composta principalmente por uma ração de qualidade e que seja apropriada para a idade do animal.

A alimentação adequada em cada fase da vida do cão

Cão d’Água Americano filhote: durante os primeiros meses de vida, os dentes ainda estão se formando e as necessidades nutricionais são diferentes. Por isso, vale a pena investir em uma ração própria para filhotes.

A partir de 12 meses: a partir dessa idade, o cão já entra na fase adulta. Então, é possível ir trocando gradativamente a ração de filhotes por uma ração para cães adultos. Deve-se ir misturando ambas, até que a primeira seja completamente substituída.

A partir dos 9 anos: nessa idade, o Cão d’Água Americano já entra em sua terceira idade. Nesse período, pode-se substituir a ração de cães adultos pela ração para cães idosos. O organismo está mais fragilizado e esse tipo de alimentação consegue suprir melhor os nutrientes necessários para que o animal se mantenha forte e saudável.

As quantidades de ração devem ser conforme a orientação do veterinário. Esse cachorro, principalmente quando idoso, tem tendência a ganhar peso, o que acaba levando a outras doenças como a diabetes. Portanto, é preciso tomar bastante cuidado com a sua alimentação.

Preço

Cão d’Água Americano venda

Encontrar um Cão d’Água Americano à venda fora dos Estados Unidos é bastante difícil. Isso porque essa raça é pouco difundida fora do país, sendo mais popular somente em Wisconsin, seu Estado de origem.

Cão d’Água Americano preço

No Brasil, é muito difícil especificar um preço para essa raça. Porém, no Estados Unidos, onde ele é mais popular, seu preço costuma variar entre 800 até 1000 dólares, cerca de 2400 a 3000 reais.

Cão d’Água Americano canil

Aqui no Brasil, não existem canis especializados nessa raça. Pode ser difícil até mesmo encontrar exemplares únicos. O ideal é buscar criadores em grupos de raças raras nas redes sociais.

Cão d’Água Americano adoção

Assim como para venda, encontrar o Cão d’Água Americano para adoção por aqui também é bastante complicado. Já nos Estados Unidos é bem mais fácil em ONGs especializadas.

O Cão d’Água Americano é uma raça bastante rara no Brasil. Apesar disso, é um cão muito esperto, dócil, bonito e que com certeza vale muito a pena conhecer.

A raça Cão d’Água americano está na categoria Raças