Akbash

Cachorro Akbash

Origem e história

O cachorro Akbash é originário do oeste da Turquia, mais precisamente de uma região conhecida como Akbas, daí o nome para esta raça. Inclusive, a palavra Akbash/Akbas significa cabeça branca. Desde os seus primórdios, o Akbash tem o costume de ser um cão bastante trabalhador, em especial para pastorear as ovelhas para o seu dono.

O surgimento do Akbash remonta a pelo menos 3 mil anos e o branco de sua cor ajudou a facilitar a sua identificação na floresta, distinguindo dos predadores e animais selvagens. O Akbash foi desenvolvido para ser uma versão turca do famoso Sheepdog Guardian da variedade branca que existe no Mediterrâneo.

Este animal começou a ser propagado pelo mundo a partir do final dos anos 1970, quando o embaixador norte-americano na Turquia, David Nelson, e sua esposa Judith Nelson levaram para os Estados Unidos cerca de 40 cães da raça Akbash. Os cachorros tiveram acompanhamento veterinário, melhor alimentação e até estudo genético para entender as origens daquela raça. O Akbash ganhou fama após o anúncio da importação de mais exemplares da raça para serem utilizados em testes de avaliação na estação experimental de Dubois, em Idaho, já que eles se mostraram fortes e com força suficiente para enfrentar ursos e outros predadores da região, demonstrando eficiência na guarda das fazendas e dos próprios seres humanos.

cachorro Akbash

O Akbash quase chegou a ficar extinto, mas, hoje em dia, existe uma quantidade razoável de exemplares espalhados pela Turquia e em outros poucos países, como os Estados Unidos. Esse cachorro é reconhecido tanto pelo Kennel Clube da Turquia (KIF) quanto pela Federação Cinológica Internacional (FCI).

Temperamento

O Akbash tem um temperamento bastante independente e tranquilo. Outra característica muito comum a ele é a lealdade, mostrando-se um ótimo cão de guarda e companhia, afinal, seu senso de proteção faz com que ele se dedique a cuidar do seu dono e dos seus familiares. Quando o Akbash é usado especificamente como cão de guarda, pode ser que ele demonstre menos afeto e carinho com os humanos, mas isso também vai depender da criação a qual o Akbash filhote for submetido.

Muito ágil e forte, essa raça gosta de trabalhar e pode ser ideal para viver em sítios e fazendas, já que possui bastante espaço para o animal, que vai proteger o local como ninguém. No entanto, para esse aspecto, é necessária uma maior atenção, pois o Akbash tem uma personalidade bem forte e costuma se impor bastante na questão do território.

Além disso, ele é muito pouco submisso ao homem, preferindo tratá-lo de igual para igual, podendo ser um tanto quanto refratário às ordens do dono. Por isso, um treinamento bem firme e assertivo poderá ajudar o animal a ficar mais obediente, dentro do limite que a raça dele pode permitir. Por outro lado, não se trata de um cão agressivo, então, mesmo que haja algum atrito no trato diário, o Akbash não causará maiores transtornos, sendo preciso apenas uma habilidade maior e mais paciência para lidar com ele.

Akbash cachorro

Cuidados

Até por conta do seu tamanho, o Akbash deve ser criado em locais com bastante espaço para que ele possa brincar. Ou seja, ele não se adapta em apartamentos e em casas muito pequenas, pois precisa de pelo menos um quintal para que ele gaste a sua energia.

No entanto, essa imposição abriga uma vantagem, pois o Akbash é um cachorro que não necessita de muitos passeios ou outras atividades que façam com que ele gaste energia. Para o Akbash basta ter um bom espaço para ele caminhar e correr que já é suficiente para ele se manter saudável física e mentalmente.

Um cuidado muito importante a ser tomado com o Akbash é em relação a visitas e a pessoas desconhecidas. Isso porque ele pode acabar atacando o indivíduo estranho ao seu lar. Por isso, um bom treinamento pode ajudar a fazer com que ele controle melhor seus instintos e respeite os comandos do dono, embora ele seja independente e de difícil trato em determinadas ocasiões. Por outro lado, ele costuma se dar bem com outros animais, não havendo a necessidade de algum cuidado específico em relação a isso.

Saúde

O Akbash é bastante saudável, mas, devido ao seu tamanho, é normal que ele desenvolva algumas doenças como a displasia do quadril, em que há um problema na conexão do osso femoral com o quadril, gerando um desgaste na cartilagem que pode afetar os movimentos das patas, além de trazer muita dor na velhice, por conta da artrose que ali se desenvolve. É possível ainda que o Akbash tenha problemas cardíacos como a cardiomiopatia dilatada. Além disso, há históricos de cães desta raça que apresentam epilepsia e hipotireoidismo e outros problemas hormonais.

Em geral, essas doenças são de cunho genético e estão ligadas a fatores hereditários. Por isso, é fundamental checar com o criador se os antepassados do cão da raça Akbash que você deseja adquirir eram saudáveis, seja por meio de exames e laudos, bem como certificação de entidade reconhecida que ateste o pedigree do animal e, consequentemente, a saúde do Akbash.

Outra forma de reduzir drasticamente a possibilidade do seu Akbash desenvolver alguma dessas doenças é por meio do acompanhamento frequente junto a um veterinário, que irá poder examinar o cachorro e diagnosticar alguma doença, encaminhar para o tratamento etc.

Akbash

Como cuidar

O Akbash possui um pelo de comprimento médio a longo e é bem macio e muito denso. Dessa forma, o Akbash necessita de alguns cuidados especiais em relação à sua pelagem. É importante que os pelos do cão sejam escovados duas vezes por semana, pois isso irá evitar a formação de nós que são difíceis de retirar.

A raça Akbash também necessita de cuidados com relação à lavagem e à secagem. Os banhos são necessários para deixarem o animal saudável e bonito, mas devem ser feitos de forma rigorosa, para evitar que os pelos fiquem molhados, o que pode causar doenças de pele, já que a sua pelagem é muito densa e pode ser difícil o trabalho de secá-la.

Alimentação

Os machos da raça Akbash podem chegar a 86 cm de altura e 64 kg e, por isso, precisa comer uma ração de alta qualidade, que contenha os nutrientes necessários para repor as energias gastas por esse animal de grande porte. É recomendável que ele coma três vezes ao dia e tenha disponível fartas porções de água durante todo o dia.

A quantidade certa pode ser encontrada nas embalagens de ração, mas vale consultar um veterinário, que poderá dar instruções mais direcionadas para favorecer o desenvolvimento do seu Akbash. Porém, no caso do filhote de Akbash, que normalmente está nessa condição até atingir os 12 meses, é indicado que a quantidade de ração varie de 130 g a 340 g diariamente. Vale lembrar ainda que é necessária a indicação de comida específica para filhotes, pois elas possuem outros nutrientes e minerais que irão ajudar no crescimento do Akbash.

Preço

Encontrar um Akbash no Brasil não é uma das tarefas mais fáceis. Informações dão conta de que um canil de nome Monte Verde, em Minas Gerais, cria a raça para a comercialização. O Akbash tem preço médio de R$ 3 mil nesta localidade. Já no exterior, um filhote de Akbash está custando algo em torno de $ 500 a $ 600, o que fica mais ou menos entre R$ 2 mil e R$ 2,4 mil.

A raça Akbash está na categoria Cachorros Grandes