Springer Spaniel de Gales

Cachorro Springer Spaniel de Gales

Origem e história

O cão Springer Spaniel de Gales, como o próprio nome já diz, é um membro que pertence à família Spaniel. Ele possui uma origem bastante antiga e, por essa razão, traçar a sua linhagem é uma tarefa difícil de ser feita. Entretanto, há historiadores que defendem que essa raça tenha surgido através do cruzamento de cães Clumber Spaniel, junto com o Springer Inglês. Por ter uma grande semelhança com o cão Épagneul Bretão, há controvérsias sobre sua real origem.

Springer Spaniel de Gales

É possível também que ele tenha uma descendência de cães usados para a caça pelos romanos, por volta do ano de 250 a.C. Ademais, a primeira vez que esse cão foi mencionado no País de Gales ocorreu em 1300. No ano de 1902, o Springer Spaniel de Gales foi considerado como um cão da raça Cocker Galês.

Antigamente, ele foi utilizado como um caçador, servindo para espantar pequenos animais dos seus esconderijos, como coelhos, patos, gansos e codornas que, ao saírem em fuga, acabavam se tornando presas dos caçadores. Assim que o animal era abatido, o cão tinha como função buscá-lo no local onde caiu e então o levava para o seu dono. Também foi muito usado como um cão pastoreio, cuidando de rebanhos.

Em 1855, foi fundado o Spaniel Club inglês, época em que houve uma nova forma de classificar as raças. Em 1902, foram enfim registrados e definidos os cães Springer Spaniel de Gales e o Inglês.

No ano de 1873, o cão da raça Springer Spaniel de Gales teve a primeira participação em uma exposição do Kennel Club. Porém, foi nesse período em que o Springer Spaniel Inglês obteve um destaque mais relevante, o que fez com que os exemplares galeses acabassem sendo deixados de lado. Isso levou vários criadores a abandonarem a produção da raça Springer Spaniel de Gales, o que acabou diminuindo drasticamente a quantidade de exemplares existentes.

Apesar de essa raça ter enfraquecido durante as Guerras Mundiais, ele acabou sendo levado para os Estados Unidos, sendo então registrado pelo American Kennel Club, no ano de 1906. A partir de então, essa raça canina começou a se reerguer novamente.

Temperamento

Os cães Springer Spaniel de Gales são ótimos animais de estimação, pois, além de serem muito fieis aos seus donos, são muito gentis e alegres. Ele tem a necessidade de sempre ter uma companhia e, por esse motivo, deve ser criado junto à família com quem vive.

Na presença de outros animais de estimação na casa, o cachorro Springer Spaniel de Gales vive de forma tranquila e sem problemas. Por ser um cão muito ativo e de porte médio, ele não é indicado para viver em apartamento e casas pequenas, onde não poderá se mover à vontade para gastar toda a sua energia.

Springer Spaniel de Gales 2

O Springer Spaniel de Gales temperamento é de um cão que dócil e bastante ativo, que é muito afetuoso com todas as pessoas da família e, em especial, convive muito bem junto às crianças, com quem adora se divertir e brincar. Como ele possui muita energia, sempre está disposto a participar de brincadeiras e desafios.

Apesar de ser uma raça que gosta de conviver com as pessoas da casa, ele se mostra mais reservado quando está na presença de estranhos, mas não costumam se mostrar tímido ou mesmo hostil. Trata-se de um cão muito independente, que possui uma personalidade forte e determinada.

Cuidados

A Springer Spaniel de Gales raça pode viver bem tanto dentro como fora de casa. Mas, assim como todos os cães, ele precisa realizar atividades físicas diárias, que podem envolver caça de objetos, correr ou então nadar.

Para que ele se mantenha bem-disposto e saudável, precisa de exercícios adequados pois, se isso não for feito, ele poderá se mostrar um cão destrutivo. Por isso, ele deve ser mantido ocupado ao invés de ser deixado ocioso.

Springer Spaniel de Gales 3

A sua pelagem requer uma manutenção de forma ocasional, recebendo uma escovação para remover os pelos soltos. É preciso também aparar os pelos localizados no interior das orelhas e também nas patas, o que irá ajudar na prevenção do surgimento de infecções. Por ter uma pelagem adaptável, ele suporta bem temperaturas extremas, seja durante os dias frios como nos dias de muito calor.

Saúde

O Springer Spaniel de Gales é um cão que apresenta o porte médio e possui uma estrutura física compacta. Por ser um animal que foi desenvolvido com a finalidade voltada para o trabalho, ele é muito resistente.

Entre as Springer Spaniel de Gales características está a sua velocidade, já que ele possui muita propulsão e tem muita facilidade para pegar impulso. O seu pescoço é alongado e musculoso e as patas são almofadadas, grandes e redondas. Sua cabeça é em pouco abobadada, com orelhas baixas e que ficam pendidas em sua face. A cauda é baixa e os membros fortes, com ossatura bem desenvolvida.

Já os olhos são de tonalidade avelã ou mais escuros. Há também casos em que o exemplar dessa raça apresenta os olhos amarelos, mas isso pode provocar a perda de pontos ao participar de competições.

Ele possui uma pelagem lisa e sedosa, um pouco ondulada, com uma quantidade mais abundante na região do peito, além das patas e parte inferior do seu corpo. As Springer Spaniel de Gales cores que esse cão apresenta pode ser o branco e vermelho. Os cães dessa raça podem ter apenas uma combinação de pelo, ou então uma mescla de branco com ruivo.

Entre as doenças que ele poderá apresentar estão a displasia das ancas, glaucoma, catarata e epilepsia. O Springer Spaniel de Gales tamanho dos machos em geral varia entre os 45 cm até 48 cm. Já as fêmeas podem ter de 43 cm a 45 cm.

O peso pode ficar entre os 16 kg a 20kg. O tempo médio de vida de um cão dessa raça pode variar entre os 12 até 15 anos de idade.

Como cuidar

Apesar de esse cão ter a capacidade de aprender aos comandos com rapidez, às vezes ele pode se distrair quando há algo interessante acontecendo ao seu redor. Com o treinamento correto, feito com dedicação e paciência, o Springer Spaniel de Gales se tornará bem obediente.

Filhote de Springer Spaniel de Gales: como cuidar

Por se tratar de um cão inteligente e que obedece bem aos comandos, o filhote Springer Spaniel de Gales é fácil de receber o treinamento de qualquer pessoa disposta a se dedicar, mesmo que não seja um profissional nessa área.

Ele deve ser socializado desde filhote com as pessoas que não fazer parte do seu ambiente de convívio, para que aprenda a se portar na presença delas.

Alimentação

A alimentação de qualquer cão é muito importante para que ele se desenvolva de forma saudável, também para que ele mantenha essa saúde durante a sua vida. O indicado é que seja oferecida uma boa ração. Além disso, a água deverá estar sempre à disposição do animal, devendo ser fresca e ficar em um local abrigado do sol.

Não é recomendado que ele se alimente de comida feita para humanos, pois os ingredientes e temperos poderão fazer mal. O ideal é que ele ingira alimentos específicos para cães. Biscoitos e alimentos úmidos para cães também são permitidos para a raça Springer Spaniel de Gales.

Quanto come um Springer Spaniel de Gales

A alimentação de um Springer Spaniel de Gales filhote deve ser oferecida por 3 ou 4 vezes ao dia, dependendo das necessidades de cada um. A quantidade poderá variar de 105 g a 180 g por dia. O cão adulto, após 1 ano de idade, deverá ingerir entre 200 g a 325 g diárias, divididas em 2 ou 3 porções durante o dia.

O filhote deve receber a ração específica para cães até 12 meses de idade. A partir de então, a ração é mudada para cães de idade adulta.

Preço

O preço de um filhote da raça Springer Spaniel de Gales pode ir de R$2.000,00 a R$ 4.000,00.

Springer Spaniel de Gales preço: variações

As variações de preço podem ocorrer de acordo com as características da ninhada, como cores e estrutura física. Além disso, a procedência dos pais e avós também influencia. Se o filhote descende de cães que participaram de competições, o valor será mais elevado.

Springer Spaniel de Gales adoção

Por se tratar de um cão que não é encontrado facilmente no Brasil, a adoção de exemplares da raça Springer Spaniel de Gales não ocorre com frequência. Apesar disso, talvez algum dono ofereça o seu cão para adoção porque, por algum motivo, não poderá continuar cuidando do animal.

Springer Spaniel de Gales canil

No Brasil não são encontrados canis que sejam especializados na criação de cães da raça Springer Spaniel de Gales. O motivo é que a raça não é muito comum ou conhecida no país. Mas alguns exemplares poderão ser adquiridos com criadores que possuam exemplares do animal.

Springer Spaniel de Gales comprar

Realizando uma pesquisa mais aprofundada será possível encontrar filhotes de Springer Spaniel de Gales à venda, apesar de não ser tão fácil como outros cães de raças mais comuns no Brasil. Também poderão ser encomendados por criadores internacionais.

A raça Springer Spaniel de Gales está na categoria Cachorros Médios