Cão de Guarda de Moscou

Cachorro Cão de Guarda de Moscou

Origem e História

O Cão de Guarda de Moscou é uma raça nativa da antiga União Soviética (atual Rússia) durante a década de 1950. São cães de grande porte com uma aparência que se assemelha um pouco à de um cão São Bernardo.

Sua origem se deu em razão do cruzamento de raças como o São Bernardo, o Pastor do Cáucaso, e ainda algumas outras raças de sabujos malhados russos.

Inicialmente, esta raça foi desenvolvida pelo exército soviético com o intuito de ser usada como cão militar, devido às características que suas raças de descendência possuíam, porém, mais tarde acabou se tornando um cão de companhia.

Por muito tempo, essa raça permaneceu habitando somente as terras russas, porém,m mais recentemente, o Cão de Guarda de Moscou passou a ficar mais popular e a ser mais facilmente encontrado em outros países do mundo.

Temperamento

Cão de Guarda de Moscou Temperamento

A raça Cão de Guarda de Moscou é conhecida por ser um gigante com o instinto de guarda e proteção muito apurado, porém esse seu lado só fica evidente quando o mesmo sente que ele ou sua família se encontra em alguma situação de risco.

Quando está com seus tutores, este cão se mostra como um animal extremamente dócil, gentil e muito carinhoso. Além disto, a sua convivência com outros cães, e até mesmo gatos, é muito pacífica e dificilmente apresenta algum problema mais grave.

Com crianças, o Cão de Guarda de Moscou também aparenta ter uma relação muito boa, já que o mesmo também é muito brincalhão e paciente. Porém, embora tenha este bom relacionamento, não é muito indicado que ele fique sozinho junto com crianças ou animais muito pequenos, pois, devido ao seu tamanho, alguns acidentes podem vir a acontecer.

Cão de Guarda de Moscou Personalidade

Este cão possui uma personalidade doce e também se mostra como um cão muito esperto e inteligente. Aprende comandos e alguns macetes muito rapidamente e está sempre atento a tudo o que acontece ao seu redor.

O Cão de Guarda de Moscou também é muito enérgico e, por este motivo, dificilmente ficará parado quando alguém estiver por perto.

Cuidados

Como falamos no tópico anterior, o Cão de Guarda de Moscou é uma raça que possui muita energia. Sendo assim, para evitar que ele fique ansioso ou estressado, causando uma diminuição na sua qualidade de vida, o ideal é que ele realize exercícios físicos diariamente.

O recomendado é que este cão possa correr livremente pelo quintal durante o dia e ainda realizar cerca de 40 a 50 minutos de algum tipo de atividade diária.

Por ser um cão muito inteligente, é legal propor a realização de algumas brincadeiras que requeiram um maior grau de atenção e empenho, mesclando-as com exercícios puramente físicos.

No caso do Cão de Guarda de Moscou, não é muito indicado sair para caminhadas com ele em horários de muita movimentação, pois, por ser muito forte, a probabilidade de ele avistar algo e sair em disparada fazendo com que o tutor não consiga segurá-lo é realmente muito grande.

Além disso, por ser um cachorro realmente grande, o Cão de Guarda de Moscou é uma raça que não consegue viver bem dentro de apartamentos ou casas muito pequenas, por isso, quem pensa em adquiri-lo deverá possuir um quintal bem grande em seu lar e que seja murado de preferência.

Cuidados Com o Cão de Guarda de Moscou Filhote

No caso do filhote de Cão de Guarda de Moscou, os cuidados a serem dispensados são relacionados ao seu treinamento. Estes cães possuem maior facilidade de aprendizado quando ainda se encontram na fase da infância.

Fazer um treinamento precoce nestes casos irá evitar dores de cabeça futuras, fazendo com que o seu cãozinho entenda desde cedo que ele deve sempre obedecer aos seus comandos, sejam eles quais forem.

Além disto, é sempre importante lembrar que a vacinação regular e a vermifugação de seu cachorro são importantes para mantê-lo sempre saudável.

Saúde

Esta é uma raça que possui uma expectativa de vida que gira em torno de 11 anos e é considerada saudável por não possuir um histórico de doenças. Porém, por ser um cachorro grande, existem algumas condições que podem afetá-la, mesmo que com menor frequência.

Uma das mais comuns que podem vir a afetar a saúde do Cão de Guarda de Moscou é a displasia de quadril. Esta condição é conhecida como uma degeneração dos ossos que compõem a articulação do quadril (cabeça do fêmur e acetábulo), que causam ao cão muita dor e diminuição da mobilidade.

Esta patologia pode ser causada por fatores congênitos, hereditários, excesso de peso, exercício físico em demasia e até mesmo alguns fatores hormonais. Quando diagnosticada precocemente, a displasia de quadril em cães pode ser tratada através de terapia medicamentosa e fisioterapia para cães, além de adaptações que devem ser feitas no meio onde o animal vive.

Outra condição que costuma afetar os cães da raça Cão de Guarda de Moscou é a obesidade. Esta pode ser causada pela má alimentação do animal, seja pela ingestão de alimentos inadequados ou pelo oferecimento de ração à vontade, fazendo com que o animal se alimente além do que é necessário para a manutenção de sua saúde.

A obesidade em cães pode trazer para o animal problemas de saúde secundários, como diabetes, por exemplo, e ainda ser um fator de risco para o desenvolvimento de displasia de quadril.

Como Cuidar

Não é muito difícil saber como cuidar de um cão da raça Cão de Guarda de Moscou, porém há algumas orientações das quais você necessita saber.

Por ser uma raça muito peluda, é necessário que o seu cão seja escovado semanalmente, evitando assim que ele solte muito pelo pela casa, além de não deixar que eles se embaracem.

Estes cães possuem uma característica muito interessante, que é a de auto-limpeza. Por este motivo, banhos devem ser dados somente de 3 a 4 vezes no ano, pois, caso sejam dados com muita frequência, podem causar ressecamento da pele do animal, fazendo com que ela fique mais susceptível ao desenvolvimento de alergias.

Suas unhas devem ser cortadas uma vez ao mês, sempre com cuidado para não machucá-lo e as suas orelhas e dentes sempre verificados periodicamente, para evitar e identificar possíveis infecções.

Alimentação

Para garantir a saúde do seu Cão de Guarda de Moscou, é necessário sempre mantê-lo hidratado, com água limpa e fresca à vontade. Além disto, é preciso alimentá-lo, de preferência, com ração específica para cães de grande porte e que ofereçam a ele todas as vitaminas e minerais necessários.

Devem ser oferecidas cerca de 3 a 4 refeições diárias, sendo que a porção mais indicada para o seu cachorro deverá ser verificada na embalagem da ração, que trará uma tabela com a quantidade ideal a ser consumida de acordo com o tamanho e peso do cachorro.

Vale lembrar também que, até os 12 primeiros meses de vida do seu Cão de Guarda de Moscou, a ração a ser oferecida deve ser diferente da ração que é comercializada para adultos.

Preço

Cão de Guarda de Moscou Preço

O valor médio pelo qual um filhote de Cão de Guarda de Moscou é comercializado gira em torno de 1.100 a 1.500 reais, sendo que este valor pode variar de acordo com a região, cor e características que o mesmo venha a apresentar.

Cão de Guarda de Moscou Canil

Normalmente esta raça é comercializada em canis especializados em sua venda. O Cão de Guarda de Moscou filhote pode ser comercializado ainda pela internet, lembrando que, antes de adquiri-lo, é sempre importante verificar as condições do local e dos pais de seu filhote.

No Brasil, a venda dos mesmos é muito mais difícil de ser realizada, uma vez que esta raça é mais comum em países como a Rússia, países europeus e nos Estados Unidos.

Cão de Guarda de Moscou Tamanho

Este cão é considerado como um dos maiores do mundo, sendo que sua altura varia entre 64 e 69 cm. Já o seu peso pode chegar até 68 quilos.

Cão de Guarda de Moscou Cores

Assim como a aparência, a cor apresentada pelo Cão de Guarda de Moscou é branca e marrom avermelhado, como os cães da raça São Bernardo.

A raça Cão de Guarda de Moscou está na categoria Cachorros Grandes