Cão D'água Português

Cachorro Cão D'água Português

Origem e história

Originalmente criado para a finalidade de levar recados a nado entre os navios de marinheiros que trafegavam a Ásia Central e a Península Ibérica por volta do século VIII, o Cão d’água Português quase chegou à extinção, devido à perda de sua “utilidade” após as descobertas tecnológicas da área náutica, como rádios, radares, etc. 

Era também utilizado em navios de pesca na recuperação de redes e demais objetos lançados ao mar. O Cão d’água Português, do qual cogita-se ter como ancestrais os cães pastores da Ásia Central, também é conhecido como Cão Dágua Algarvio, devido à região de Algarve, onde há predominância de seus exemplares atualmente.

No entanto, em 1972, com a criação do Clube do Cão D’Água Português, localizado na América, a raça ganhou novamente relevo, sendo considerados os precursores dos sistemas de apitos náuticos, atualmente utilizados, já que outrora, esses cães também eram utilizados como cães de alerta para nevoeiros.

Atualmente, a raça tem se destacado novamente, participando de competições em sua terra natal, Portugal, além de se destacarem também nos EUA, mais especificamente na Califórnia, auxiliando grandes times americanos, como o Giants, por exemplo, atuando num Corpo de busca Aquática para Baseball, recuperando bolas lançadas na baía de São Francisco.

Características – Um exímio mergulhador!

Mais ágil que o tubarão, mais astuto do que a orca, mais singelo do que a foca e tão inteligente quanto um golfinho, é ele: o Cão d’água Algarvio!

Cão de médio porte, cujos machos tem peso variando entre 19 a 27 kg e 50 a 57 cm de altura, enquanto as fêmeas pesam de 16 a 23 kg, com estatura entre 43 a 52 cm, sendo que a expectativa de vida desses caninos gira em torno de 12 a 15 anos.

A pelagem da raça Cão d’água Português pode se apresentar encaracolada ou ondulada, e é bastante peculiar, pois pelo fato de não terem subpelo, cresce indefinidamente, semelhantemente ao cabelo humano, sendo as cores admitidas pelo padrão oficial da raça o Castanho e Branco, Preto, Branco, Marrom, Preto e branco.

O Cão de água Português apresenta ossatura forte, num corpo com tendências retilíneas, de formato quase quadrado, harmonioso, porém robusto e extremamente musculoso, notadamente por sua intensa atividade aquática.

Temperamento

Trata-se de animais bastante leais, afetuosos e solícitos, extremamente apegados aos donos, fazendo, inclusive, questão de dormir junto a eles, não apenas por companheirismo, mas acima de tudo por seu aguçado instinto de proteção. Contudo, são consideravelmente independentes, em dados momentos.

Os exemplares de Cão d’água Português são muito amorosos, prestativos e bastante dedicados ao trabalho; são capazes de desenvolver uma relação muito forte com seus donos, fato este talvez explicável por suas origens em navios e barcos, nos quais conviviam por longo tempo apenas na companhia dos marinheiros.

Outro traço, que talvez também se justifique por suas origens, é que são cães que gostam de locais silenciosos, talvez isso os remeta ao silêncio dos longos dias em alto mar, no entanto, podem começar a correr freneticamente de um lado para o outro, sem nenhum motivo aparente, como que se tivessem sido alertados de algo que nós humanos não somos capazes de ver, mas tão somente eles.

O Cão de água Português é também um animal extrovertido, impetuoso, enérgico e atlético, que convive pacificamente com outros animais, além de ser bem divertido, dando-se super bem com crianças, sendo inclusive uma ótima companhia como cão de suporte para pesca e demais atividades de lazer que envolvam nado e mergulho.

Vantagens do cão do Barack Obama

Companheirismo e trabalho, esse cão te salva com suas patas fortes se você afundar! Se você gosta de velejar ou de esportes aquáticos e quer um companheiro fiel e habilidoso, que não será apenas mais um peso morto, o Cão Algarvio Pode ser a escolha ideal.

Outra grande vantagem da raça é que esses cães, por não possuírem subpelo, tornam-se antialérgicos, na medida em que não sofrem troca de pelo, ou seja, você não vai encontrar tufos de pelo pela sua casa ou no convés do seu barco. Para os alérgicos, o nariz agradece!

Apesar de seu médio porte e sua necessidade intensa de exercícios, o Cão d’água Português se adapta facilmente a apartamentos e até em espaços confinados, mas desde que, diariamente, seja exercitado o suficiente para gastar toda sua energia acumulada, sentindo-se útil.

Esse cães marinheiros obedecem e entendem comandos muito facilmente, ao contrário do que dizem a respeito dos nativos portugueses, são caninos muito inteligentes, a ponto de não precisarem nem de treinadores especializados para serem treinados, bastando que o próprio dono disponha de um certo tempo e dedicação para adestrá-lo. Amam servir, e isso, aliado à sua inteligência, torna possível que aprendam facilmente até algumas tarefas domésticas, como abrir armários, buscar determinados obejtos, etc. Não é à toa que ele caiu nas graças até do ex-presidente Barack Obama!

Desvantagens da raça Cão d’água Português

Ele precisa de presença humana, muito carinho e muita atenção, de modo que jamais pense em adquirir um filhote de cão d'água português ou até mesmo um cão adulto e deixá-lo no quintal, servindo de enfeite de jardim, isso realmente fará com que o cão se torne extremamente infeliz, podendo até apresentar problemas de comportamento. Portanto, se você não dispõe de tempo livre para dar atenção a esse cão, desista dele!

Esse caninos sempre dormem perto de seus donos, não necessariamente em cima da sua cama, mas se você não quer dividir o seu quarto com um amigo de quatro patas, o Cão de água Português não serve para você! Além disso, apesar de se adaptarem facilmente nos mais variados locais, esses animais não gostam de lugares barulhentos, preferem locais silenciosos, logo, se sua casa é um alvoroço ou mora perto de alguma danceteria ou boate, é melhor não submeter o cão a essas circunstâncias.

Trata-se de uma raça muito ativa e necessita de porção dobrada de atividades físicas e mentais, por isso, são indicados preferencialmente para pessoas ativas e dinâmicas. Com eles, sedentarismo e vida pacata não rola!

Etapas de crescimento do Cão d’água Português filhote

Um exemplar da raça de cão d’água Português, até seu 1 ano completo de idade, ainda é considerado um filhote, embora sua ossatura já seja bem firme,  só sendo realmente entendido como um cão adulto a partir de seus 12 meses de vida, quando já pode se submeter a atividades que exijam mais de sua força e capacidade física; de modo que, antes dessa idade, deve-se evitar atividades muito bruscas, pois os tendões e ligamentos do corpo do animal, assim como sua musculatura, ainda estão em formação, e, se submetidas a impactos muito fortes, podem inflamar ou até mesmo romper-se.

A maturidade sexual do Cão de água Português macho já começa a dar sinais lá pelo 6º mês de vida, quando começam a dar sinais mais fortes de sua territorialidade, o que é de fácil percepção; as fêmeas também já apresentam o 1º cio nessa primeira fase dos seis meses em diante. No entanto, não é aconselhável o cruzamento neste momento, pois ambos os sistemas reprodutores ainda não estarão completamente formados, de modo que as fêmeas podem apresentar complicações no parto e os machos podem apresentar pouco esperma ou de má qualidade, gerando assim poucos filhotes.

Alimentação e cuidados

Cerque seu filhote de Cão d’água Português de atenção, jamais deixando-o sozinho num canil, sem o convívio e o carinho da família, ele tem uma enorme necessidade afetiva, você não vai deixá-lo naufragar num mar de solidão, vai?

Bons hábitos alimentares, exercícios regulares e visitas periódicas a um bom veterinário também são indicados, como de costume a qualquer raça.

Apesar de ser naturalmente um Cão d’água, você precisará de alguns cuidados específicos com ele, como, após um mergulho em águas salgadas, lavá-lo em água doce normal, secando-o bem em seguida. Os banhos tradicionais devem ocorrer periodicamente, de 1 a 2 vezes no mês, sendo indicada escovação semanal, além de uma tosa específica, conhecida como tosa leão, cujo formato facilita a movimentação do cão na água.

Preço

Se você quiser se informar sobre Cão d’água Português preço no Brasil, será necessário buscar um Cão d’água Português canil Brasil, local apropriado para venda de cães específicos desta raça, onde provavelmente você encontrará exemplares puro sangue, com pedigree e qualidade. O preço de um exemplar está em torno de R$ 1.200,00, a depender do canil, mas destacando, desde já que, esse preço pode ate duplicar, dada a raridade desses animais aqui no Brasil.

Busque sempre se informar sobre a família, ou seja, os progenitores do seu filhote, apenas assim você terá garantia de originalidade da raça.

A raça Cão D'água Português está na categoria Cachorros Grandes