Boiadeiro Australiano de cauda chata

Origem e história

Existem duas teorias de pensamento sobre o desenvolvimento do Boiadeiro australiano da cauda chata. Durante a década de 1840, dois criadores de gado em estados separados da Austrália começaram a cruzar cães locais de trabalho com raças importadas, que podem ter carregado naturalmente a característica da cauda atarracada. Acredita-se que a Boiadeiro australiano da cauda chata tenha sido a primeira linhagem desenvolvida na Austrália. Depois que mais algumas raças foram incluídas no processo de desenvolvimento, o cão Boiadeiro australiano da cauda chata veio a ser o que representa atualmente.O Boiadeiro australiano e o Boiadeiro australiano da cauda chata se desenvolveram a partir dos mesmos ancestrais dos primeiros Halls Heelers e Timmons Biters.A criação enfatizava a capacidade de trabalho e resistência. Na década de 1890, o boiadeiro foi exibido e as primeiras classes incluíam variações de caudas longas e caudas mínimas. Por volta de 1917, os Cães de Gado atarracados compreendiam 50% dos participantes de Cães de Gado para pastoreio em alguns shows.
Cauda chata
Imediatamente após a Primeira Guerra Mundial, houve um declínio do Boiadeiro australiano da cauda chata, considerada uma raça abatida e, na década de 1960, apenas um criador permaneceu registrado. Nos anos 1980, o cão Boiadeiro australiano da cauda chata, como raça registrada, estava quase extinto. Um programa de redesenvolvimento do Australian National Kennel Council começou em 1988 e foi bem sucedido na preservação da linhagem na Austrália.O animal foi introduzido na América do Norte após a Segunda Guerra Mundial, juntamente com o Boiadeiro australiano. No entanto, os cães documentados que foram devidamente registrados não foram introduzidos até o ano 2000. O cão Boiadeiro australiano da cauda chata tem cores azul salpicado e vermelho salpicado.

Temperamento

Enérgico, vigilante, de espírito livre, obediente e alerta. Corajoso e confiável, o Boiadeiro australiano da cauda chata, na personalidade, desconfia de estranhos, mas é muito fiel à sua própria família. Possui uma grande capacidade de trabalho para controlar o gado.Ele gosta de trabalhar e está muito atento aos comandos de seus donos. É um cão de gado inteligente que pode ficar facilmente entediado, levando a sério problemas de comportamento. Não é do tipo de sentar-se em casa ou ficar amarrado no quintal o dia todo sem fazer nada.Precisa de um  líder firme, confiante e consistente, que lhe dará regras a seguir e limites quanto ao que é ou não permitido fazer.
Cauda chata cachorro
Este cão de trabalho altamente inteligente precisa fazer parte da ação e vai prosperar se o dono lhe der um trabalho a fazer. O cão Boiadeiro australiano da cauda chata possui temperamento que tende a beliscar os calcanhares das pessoas na tentativa de agrupá-los.Vai ser bom com as crianças se fizerem com que ele veja claramente que os humanos são o líder da matilha. Se isso não ficar claro, o cão pode não ser bom com crianças que não foram criadas por perto ou que ele não conhece muito bem. Muito bom de obediência, no pastoreio e agilidade.Treinamento firme e disciplina desde o começo, além de muita atenção diária, produzirão um animal de estimação bom e feliz. A chave para entender o cão australiano é saber que eles foram criados para trabalhar duro, durante o dia inteiro e em climas quentes.  Quando acolhido na casa da família, é frequentemente descrito como dedicado, porém distante.Por exemplo, seu amor se estende aos olhos do dono, mas nunca ao colo. Mesmo quando bem socializados, frequentemente mantêm a suspeita de estranhos, e a tolerância, em vez de uma recepção calorosa, é tudo o que se pode esperar.Na verdade, a socialização adequada com um filhote de Boiadeiro australiano da cauda chata é essencial se ele for morar com outros animais de estimação ou em uma casa de família, já que são propensos à agressão quando desafiados.

Cuidados

Os requisitos para a raça Boiadeiro da cauda chata são mínimos. Trata-se de escovação suave semanal para remover o excesso de pelos e sujeira.O banho deve ser feito conforme necessário. Os bigodes faciais não devem ser removidos, nem o corte dos pelos da cauda, ​​pois é uma raça “natural”. Já as unhas, precisam de atenção semanal, pois tendem a crescer rapidamente e ficam bem afiadas.O comprimento do pelo é curto, com pequenos fios nas coxas externas que devem ser escovados para ficarem deitados no sentido do corpo.A pelagem é resistente às intempéries e requer pouco cuidado, sendo muito fácil de preparar. Basta pentear e escovar com uma escova de cerdas firmes. O Boiadeiro australiano da cauda chata troca pelos uma ou duas vezes por ano (dependendo do sexo e da região).

Saúde

O cão Boiadeiro australiano da cauda chata é uma raça relativamente saudável que pode viver de 12 a 15 anos. Todos os filhotes devem ser testados quanto à audição, pois esta linhagem carrega o gene da surdez.Também a Atrofia Progressiva da Retina e Luxação da Lente Primária são problemas oculares hereditários e todos os pares reprodutores devem ser rastreados com DNA para tomar boas decisões de reprodução.Ainda PRA-RCD 4, Teste de audição de Baer, ​​Quadris e cotovelos, DNA de hiperuricosúria (formação de cálculos na bexiga e nos rins).O boiadeiro foi criado para dominar um dos trabalhos mais difíceis que um cão tem que fazer: o pastoreio de gado no calor do pasto australiano. Cachorros fracos simplesmente não aguentam.Como resultado, essa é considerada uma raça forte com relativamente poucas tendências hereditárias para doenças.

Como Cuidar

O cão Boiadeiro australiano da cauda chata é o triatleta do mundo canino. Extremamente energético, trabalhador e capaz de resistir a condições extremas, esses cães não querem apenas trabalhar, eles querem trabalhar duro.Em um ambiente doméstico, o cachorro pode facilmente se tornar frustrado e entediado, resultando em todos os tipos de comportamentos antissociais, como agressão, latidos, mastigação, escavação e uivos.Do lado positivo, o boiadeiro é um companheiro ideal para pessoas com amor aos esportes ativos, como andar de trilha, mountain bike, remo, camping e caminhadas. Dado que essa raça exige várias horas de atividade intensa por dia, ele também se destacará em atividades de cães, como agilidade, lançamento de bola, pastoreio ou corridas, que dão ao cão um senso de propósito.Qualidades como independência e iniciativa são altamente valorizadas quando se conduz o gado no pasto, mas fazem do animal um voluntário. Descrito como inteligente, com força de vontade, isso dá uma ideia de como o Boiadeiro australiano da cauda chata é um cão que tira proveito de um dono inexperiente para fazer suas próprias coisas.

Filhote de Boiadeiro australiano da cauda chata: como cuidar

O proprietário ideal deverá ser um manipulador de cães experiente, firme e justo, que use métodos de treinamento baseados em recompensas. Uma ferramenta essencial para facilitar o bom comportamento é a abundância de estímulo mental e exercícios, que esses cães suportam facilmente, levando-os a fazer travessuras.

Alimentação

Recomenda-se alimentos de boa qualidade formulados para todas as etapas da vida. As quantidades de alimentação irão variar dependendo dos níveis de atividade que o cão recebe diariamente. Duas refeições igualmente espaçadas durante o dia serão suficientes.A alimentação livre pode ser feita desde que o cão não fique com excesso de peso.Um alimento de alta energia que tenha grãos parece funcionar bem com esses cães. A transição de alimentos para cachorros adultos não é realmente necessária.

Preço

O preço de um filhote de boiadeiro australiano de calda chata pode variar de R$ 2.000 à R$ 3.500.

Cão Boiadeiro australiano da cauda chata preço

O custo de um cão Boiadeiro australiano da cauda chata varia muito e depende de diversos fatores, como localização dos criadores, reputação, tamanho da ninhada, linhagem do filhote, popularidade da raça (oferta e demanda), treinamento, esforços de socialização, linhas de raça e muito mais.

Cão Boiadeiro australiano da cauda chata canil

Existem alguns canis responsáveis por raças mais difíceis de conseguir no país, quase sempre com valores mais altos, que geralmente comprovam a origem do animal. Outras fontes na internet podem ser pesquisadas, porém todo o cuidado é pouco para adquirir um cão verdadeiro da raça, sem problemas futuros. É bom desconfiar de preços muito abaixo da maioria e desculpas sobre a criação.