Poodle

Cachorro Poodle

Origem e história

O Poodle, raça bastante icônica, cão de companhia da aristocracia francesa, tem uma origem debatida. Os exemplares desta raça vão do micro toy, de menos de 28cm, ao gigante, com até 60cm de altura da cernelha. Originalmente utilizado como cão de caça, o perfil da raça foi evoluindo e modificado com o passar dos anos até chegar ao estilo que conhecemos hoje.

O próprio termo “poodle” é debatido. Vindo do alemão, “pfudel” significa “poça de água”, enquanto “pudel” significa “chapinhar na água”. Em qualquer uma das duas denominações, as habilidades excepcionais da raça na água ao nadar são exaltadas. Para tanto, esses cães tiveram suas habilidades aquáticas misturadas com sua agilidade e inteligência para a criação de um cão de caça extremamente apto na caça de patos e demais aves aquáticas.

Poodle

Há registros de exemplares com características semelhantes, ou seja, os ancestrais do poodle que hoje conhecemos há cerca de seis séculos. Além de cão de caça e companhia, há relatos de seu uso como cão de guarda na Europa, de guerra nos Estados Unidos e trufeiro, na França. Essa versatilidade se percebe também na grande gama de cores da raça, indo do branco ao preto, passando pelo vermelho, ou mesmo com padrões de manchas e pintas.

Durante sua existência, houve momentos onde o poodle era mantido tanto quanto cão de caça ou guarda quanto de companhia. Para tanto, alguns espécimes foram cruzados de modo a ficarem de menor ou maior tamanho. Há atualmente uma grande variedade de tamanhos e pesos, indo dos pequeninos micro toy, que cabem em uma bolsa, aos gigantes, que podem chegar ao tamanho aproximado de um labrador. Curiosamente, alguns criadores chegaram a cruzar Poodles com Labradores, criando assim o “Labradoodle”, muito desejados por terem pelos antialérgicos.

Desde o final do século XIX, é criado quase que exclusivamente como cão de companhia e competição. Devido à queda na popularidade da caça como esporte, sua pelagem deu origem à penteados altamente sofisticados, onde os donos competiam entre si para decidir qual dos seus cães tinha a pelagem mais bonita, mais bem trabalhada.

Temperamento

É interessante que, dependendo do tamanho, os Poodles tenham diferenças comportamentais entre si. Essa diferença se dá principalmente por razões genéticas. Dessa forma, ao passo que os pequenos sejam ideais como cães de companhia, os maiores são mais reservados.

Os poodles toy e micro toy são sensíveis, apegados e reservados com estranhos de início. Tais traços comportamentais são comuns aos cães de companhia. Quanto maiores forem mais reservados e alertas se tornam, traço herdado de suas cruzas voltadas para caça.

Todos os exemplares são extremamente inteligentes. O Poodle, junto com o Border Collie, Labrador, Pastor Alemão, dentre outros, está dentre as raças de cães mais inteligentes da atualidade. Aprendem truques facilmente e são facilmente adestrados.

Poodle2

É necessário, quando considerando adquirir um filhote de poodle, que junto com as características sociáveis da raça, existam algumas de manejo não tão simples. Dos mini poodles aos gigantes, nenhum deles suporta muito bem serem deixados por longos períodos. Caso isso aconteça, poderá ficar ansioso. 

É comum à raça latir bastante, em todos os seus tamanhos. Tal traço é visto como indesejável muitas vezes, mas um treinamento adequado ajuda a reduzir este comportamento consideravelmente. Além disso, considerando seu histórico, é altamente desejável que o cão de guarda e de caça tenha um latido adequado ao seu propósito.

Cuidados

Poodles, em geral, não gostam de ficar sozinhos. Caso o ambiente planejado para deixar seu cão não tenha uma pessoa presente pela maior parte do tempo, adquirir um filhote dessa raça é contra indicado. Caso ocorra tal isolamento, muitos acabam por morderem e arrancarem seu pelo e desenvolverem outros problemas psicológicos.

Poodles são cães bastante ativos, sendo altamente benéfico que sejam realizados longos passeios regulados, bem como atividades físicas e mentais. Gostam de desafios envolvendo truques que utilizem, por exemplo, bolas e gravetos. Devido ao seu histórico de caçador, são excelentes em atividades de esconde-esconde e trazer objetos.

Poodle3

Os pelos requerem bastante cuidado para se manterem saudáveis e bonitos. Idealmente, devido à grande perda de pelos que não caem, deve ser escovado diariamente para retirar o acúmulo nos cachos. Além disso, a tosa de poodle, já bastante icônica pelos seus desenhos inusitados e extravagantes, deve ser realizada com certa frequência, cerca de três semanas.

Outro ponto que precisa de atenção são as orelhas do poodle. É comum que o canal auricular fique congestionado com cerúmen, sendo importante checar diariamente a limpeza deste local. Para evitar este problema, é importante escolher um local responsável para dar os banhos, e evitar o banho em casa a não ser que se tenha um secador profissional e experiência para tal. Os olhos tendem a lacrimejar bastante, sendo necessária limpeza conforme orientação de veterinário

Alguns exemplares de poodle acabam por adquirir hábitos indesejáveis, como latir em excesso, por exemplo. É importante educá-los desde cedo com o comportamento desejado, caso contrário, podem tornar-se cães de difícil manejo e convívio.

Saúde

Os problemas de saúde mais comuns a acometerem os poodles são: Doença de Addison, disfunções gastrointestinais, da tireóide e renal, câncer e epilepsia. Há algumas variações dentre os diferentes tipos de poodle, sendo os menores mais propensos a transtornos nas articulações, e os maiores aos problemas endocrinológicos.

A grande maioria dos problemas de saúde são mais bem gerenciados com acompanhamento regular de um médico veterinário. Ou seja, é importante realizar exames preventivos de acordo com a orientação de seu veterinário. Além disso, escolher um criador idôneo é importante, de modo que os filhotes tenham uma boa genética.

Poodle4

É comum encontrar filhotes de poodle por um custo surpreendentemente baixo, 3 ou 4 vezes a menos que outros. Nesses casos, é comum que não haja cuidado com a genética. Além disso, no Brasil há uma quantidade de canis com condições de higiene duvidosa bastante alta, o que não é nada bom para um filhote de poodle. Dessa forma, a regra para seres humanos também vale aqui: É melhor prevenir do que remediar.

Como cuidar

Banhos e tosas devem ter uma frequência regular, relativamente alta comparada a outras raças de cães. Isso se dá devido aos pelos abundantes dos poodles. Além disso, a quantidade de penteados possíveis torna cada viagem a pet-shop em uma possível surpresa. É importante escolher um estabelecimento responsável, pois as orelhas do poodle são especialmente sensíveis, e as unhas precisam ser aparadas regularmente.

É importante evitar deixar seu poodle sozinho por longos períodos de tempo. Como cão de companhia, a raça evoluiu para ficar próxima do dono. Deixando sozinho, o cachorro poderá ficar ansioso, chegando mesmo a roer seu próprio pelo e causando alguns danos a objetos e móveis.

Poodle5

O temperamento do poodle geralmente não requer cuidados muito específicos. Entretanto, é importante salientar que alguns cães da raça podem ter um comportamento de manejo bastante difícil. Para evitar que isso aconteça, é importante ser firme (sem violência), de modo que o cão respeite a sua autoridade.

É comum que o poodle não seja amigável com estranhos. Todavia, de modo que ele não se torne violente com pessoas de fora do convívio diário, é interessante acostumá-lo gradualmente, desde pequeno, à proximidade com outras pessoas. O relacionamento com crianças é muito bom, desde que seja realizado o processo de aproximação tal qual com estranhos.

Alimentação

A alimentação do poodle usualmente não requer cuidados especiais, e boa parte dos donos seguem a orientação das embalagens de comida por tamanho. Entretanto, é sempre importante avaliar se não há nenhuma disfunção do trato digestório, relativamente comum à raça. Dessa forma, a orientação do veterinário específica a cada cão é primordial. Água fresca deve estar sempre disponível.

Os adultos precisam de mais comida do que os filhotes. A frequência da alimentação, em todo o caso, é diferente. Ao passo que os mais jovens precisam de porções pequenas várias vezes ao dia, os mais velhos se beneficiam mais de porções maiores, de duas a três vezes ao dia.

Preço

O preço de um filhote de poodle preto, branco, cinza ou mesmo de qualquer outra das várias pelagens existentes é bastante variável. É importante manter em mente que, ao comprar um filhote mais barato, talvez em sua criação não tenham sido tomadas precauções quanto à genética no que se refere às doenças que acometem a raça, pois muitas delas são hereditárias. Neste caso, o barato da aquisição do filhote sairá bastante caro com consultas médicas e medicações.

Os exemplares podem variar de cerca de R$300,00 à mais de R$3000,00, dependendo do pedigree e dos certificados (ou falta deles). É importante lembrar que os custos não param aí, e devido às tosas regulares tem um valor considerável. Além disso, caso opte por um poodle gigante, o custo do banho e tosa (sem mencionar a alimentação) serão consideravelmente mais altos que de um micro toy. 

A raça Poodle está na categoria Raças