Pinscher miniatura

Cachorro Pinscher miniatura

Origem e história

O pinscher miniatura é uma raça de cachorros cuja origem é alemã que surgiu por volta do ano de 1830 e é pertencente ao grupo de cães de guarda, sendo considerada a menor do mundo dentro desta lista. São animais de tamanho pequeno e que antigamente eram usados por algumas pessoas como uma espécie de caçador de ratos.

Seu nome original é Zwergpinscher e alguns registros trazem que esta raça de cachorros é o resultado do cruzamento da raça Pinscher standard com o Manchester terrier, enquanto outros dizem que sua origem é fruto do cruzamento entre o Dachshunds, popularmente conhecido por nós como cachorro salsicha, e o Greyhound italiano.

A expectativa de vida do cão pinscher miniatura é de aproximadamente 13 anos, caso recebam os cuidados corretos.

Temperamento

Embora possuam um pequeno porte e aparentem ser um animal frágil, o pinscher miniatura normalmente apresenta como característica um temperamento muito forte. São animais que se estressam facilmente e podem nos atacar a mordidas caso se sintam ameaçados ou vejam seu dono em alguma situação que eles considerem de perigo.

É uma raça bem enérgica, mas muito carinhosa quando se trata de seu tutor, porém, devido ao fato de serem temperamentais, podem vir a apresentar um comportamento mais estressado caso se sintam incomodados.

Embora o cachorro pinscher miniatura seja amável com crianças, deve-se sempre manter a atenção quando ele estiver próximo delas, inclusive no que se refere a crianças menores, já que elas tendem a querer apertar e puxar as orelhas do cachorro. Embora dificilmente machuque alguém, é importante manter a atenção nestes casos a fim de se evitar algum tipo de acidente, por menor que ele seja.

O comportamento do pinscher miniatura pode ser explicado pelo fato de esses animais fazerem parte do grupo de cães de guarda e, por isto, terem o extinto de atacar quando se sentem ameaçados de alguma forma.

Pinscher miniatura personalidade:

O pinscher miniatura é uma raça de cachorro muito famosa por sua personalidade e, por isso, muitas vezes acabam sendo até vitimas de certo preconceito por parte de pessoas que tendem a achar que esta é uma raça agressiva naturalmente.

O que ocorre na verdade é que o cachorro pinscher miniatura é uma raça de personalidade forte e por isso causa certo receio em algumas pessoas. Embora possam demonstrar certa agressividade e estresse, o pinscher miniatura é um cão extremamente leal, companheiro e obediente quando se trata da relação que o mesmo possui com o seu dono.

Cuidados

O cão pinscher miniatura é uma raça que requer cuidados relativamente simples, porém que exigem certo nível de atenção. Seus pelos são curtos e, por isso, deve-se evitar banhos frequentes, uma vez que isto pode lhe causar ressecamento na pele. Além disto, deve haver sempre muita atenção em proteger a área dos olhos durante os banhos.

Seus pelos também devem ser escovados, de preferência diariamente, para garantir que se mantenham sempre brilhosos e evitar que se soltem e fiquem espalhados pela casa.

Fique atento e evite deixar pequenos objetos no chão, ou então objetos que possam machucá-lo de alguma forma, pois o cachorro pinscher miniatura possui um instinto de curiosidade, o que pode fazer com que ele se machuque seriamente e até mesmo acabe ingerindo algo inapropriado.

Outro cuidado que se deve ter em relação ao pinscher miniatura é que este é um cão muito enérgico e hiperativo. Por este motivo, deve-se reservar um tempo para proporcionar a ele a realização de atividades físicas.

Saúde

Os pinschers miniatura são animais que possuem em geral uma boa saúde, porém existem algumas doenças e condições das quais esses cães são mais susceptíveis a desenvolver, como, por exemplo, a luxação da patela, a doença de Legg Perthes e atrofia da retina, lembrando que esses são casos mais esporádicos.

A patela é um pequeno osso localizado na perna e faz parte da articulação do joelho. Quando ocorre a sua luxação, este osso se desloca de sua posição normal. Nos cães, essa condição pode possuir origem traumática, porém, no caso de raças de pequeno porte, como o cão pinscher miniatura, a luxação patelar ocorre devido a fatores hereditários.

Existem diversos graus de luxação que variam de um grau mais leve até o mais grave, e os sinais e sintomas apresentados pelo pinscher miniatura irão depender da gravidade da lesão. Entre os sinais e sintomas apresentados, pode-se perceber a claudicação e a dificuldade do animal em ficar em apoio bipodal.

A doença de Legg Perthes é a necrose da cabeça do fêmur, interferindo na biomecânica do quadril do cão pinscher miniatura. A origem desta doença possui causa desconhecida, porém, o que se sabe é que esta necrose do osso não ocorre por nenhum tipo de infecção bacteriana e que pode possuir característica genética. Um dos primeiros sintomas desta doença é a claudicação, ou seja, devido à necrose, o pinscher miniatura começa a mancar.

Já a atrofia da retina ocorre no pinscher miniatura de forma progressiva e pode levar o cão à cegueira. É uma doença de origem hereditária e geralmente ocorre nos dois olhos, podendo ser percebida através da dificuldade do animal em enxergar objetos e paredes, o que o leva a sofrer pequenos acidentes.

Como Cuidar

O pinscher miniatura é um cão que não exige muitos cuidados específicos. Assim como qualquer outra raça de cachorros, o cão pinscher miniatura necessita de cuidados básicos com a sua saúde de forma geral, assim como com a higienização do espaço onde vive, alimentação adequada e disponível de forma regulada, banhos periódicos, higienização correta das orelhas, cuidados com os olhos a fim de evitar irritações, além de, é claro, manter a sua vacinação em dia.

Como já foi dito, necessitam de uma rotina de exercícios físicos que podem conter desde brincadeiras até uma caminhada pelo bairro. O cachorro pinscher miniatura é uma raça que consegue se habituar facilmente a espaços menores, como apartamentos, desde que faça exercícios periodicamente.

Alimentação

Esta é uma raça pequena, por isso o pinscher miniatura não necessita de uma quantidade exagerada de alimento, sendo que a ingestão de cerca de 70 gramas de ração por refeição já são suficientes.

Também não é necessário deixar ração disponível a vontade para o pinscher miniatura, sendo que 4 refeições por dia são suficientes para mantê-lo saudável.

Preço

Filhote de Pinscher miniatura preço:

Por ser uma raça muito pequena, o que desperta o interesse de muitas pessoas, o valor médio pelo qual um pinscher miniatura filhote é vendido gira em torno de R$ 1500,00. O cachorro pinscher miniatura é a espécie mais cara entre os pinschers.

Pinscher miniatura cores:

O pinscher miniatura é um cão que possui variação de cores, podendo ser encontrado em tons de castanho, chocolate, vermelho-cervo, marrom avermelhado e em duas cores, sendo que, neste caso, seus pelos possuem cor predominantemente preta com machas de cor acastanhada na região dos olhos, focinho e peito.

Pinscher miniatura tamanhos:

O pinscher miniatura é o menor cão entre as espécies de pinscher. Sua altura varia de 25 a 30 centímetros no macho, enquanto a fêmea é um pouco menor, medindo cerca de 25 a 28 centímetros.

A raça Pinscher miniatura está na categoria Cachorros Pequenos