Peekapoo

Cachorro Peekapoo

O Peekapoo é uma raça híbrida, resultado do cruzamento entre as populares Poodle e Pequinês. É um cão pequeno, dócil e muito alegre. Vamos conhecer mais sobre sua origem, características e cuidados.

Origem e história

O Peekapoo surgiu do cruzamento do Pequinês com o Poodle. Por isso, vamos começar falando um pouco da origem de cada uma dessas raças.

Peekapoo

A origem do Poodle

O Poodle é uma raça de origem bastante antiga e, por conta disso, um pouco incerta. Alguns especialistas acreditam que ele tenha origem italiana, mas o mais certo é de que sua origem seja francesa.

Acredita-se que ele seja descendente de um cão francês de pelos enrolados chamado Barbet. Esse cão era usado para a caça de aves e para o pastoreio de ovelhas.

Com o tempo, começou a haver cruzamentos com outras raças que foram tornando os pelos desse animal mais suaves. Assim, então, teria surgido o Poodle.

Apesar de essa ser a teoria mais popular e aceita, existem várias outras sobre a origem da raça. Alguns acreditam que ele tenha se originado de antigos cães alemães, enquanto outros acreditam até mesmo que sua origem seja asiática.

A origem do Pequinês

O Pequinês é uma raça de origem asiática, mais precisamente chinesa. Ele teria surgido na China por volta de 4 mil anos atrás. Sua origem é bastante curiosa e cercada de lendas e mistérios.

Chegou a ser considerado um cão sagrado pelos monges budistas, e era por eles chamado de “leão de Buda”. Por conta disso, era criado apenas na cidade da família imperial chinesa.

Após o Castelo de Pequim ser saqueado, em 1860, muitos cães dessa raça foram encontrados mortos. Isso porque os chineses preferiam ter que sacrificá-los do que permitir que fossem levados para o ocidente.

No entanto, quando isso aconteceu, 5 exemplares da raça acabaram sobrevivendo e sendo levados para a Europa. Um deles, inclusive, foi entregue à rainha Victoria. Foi então que começaram a chamar a atenção dos criadores do Ocidente e ganhar cada vez mais popularidade.

Peekapoo raça: origem

O Peekapoo foi uma das primeiras raças híbridas a serem criadas. Isso aconteceu na década de 1950. A intenção, ao fazer essa mistura de raças, era de criar um cão pequeno e que fosse bom para pessoas alérgicas.

Sua popularidade, no entanto, só foi começar anos depois, na década de 1960. A partir de então, o Peekapoo passou a conquistar cada vez mais pessoas e se tornou bastante procurado.

Temperamento

O temperamento do Peekapoo é uma mistura dos temperamentos do Poodle e do Pêquines. Como foi um cão criado intencionalmente, suas características foram todas planejadas da melhor forma possível, inclusive seu temperamento.

Peekapoo temperamento

Este é cachorro com um excelente temperamento e que não costuma dar muito trabalho para os donos. Porém, para isso, é preciso que receba treinamento adequado quando filhote. Caso contrário, pode tornar-se teimoso e desobediente.

Uma de suas principais características é que ele costuma ser um animal bastante alegre. Gosta muito de brincar e está o tempo todo alerta e pronto para a diversão. Isso o torna um excelente pet para crianças, pois tem energia de sobra para acompanhá-las.

Esse cão é também extremamente inteligente e aprende muito rápido. Isso é muito bom, pois é possível ensiná-lo truques e comandos com bastante facilidade. No entanto, também pode ser um problema, pois consegue aprender coisas erradas sozinho. Por isso o treinamento é tão importante.

O Peekapoo também é um animal bastante carinhoso e carente. Ele gosta muito da companhia dos donos e quer sempre estar perto de alguém. Por conta disso, não é um cão recomendado para pessoas que passam o dia inteiro fora de casa. Se for deixado muito tempo sozinho, pode se tornar triste e até mesmo ficar doente.

Cuidados

Filhotes de Peekapoo: os principais cuidados que devem ser tomados

O Peekapoo filhote é um animal frágil e que necessita de alguns cuidados específicos. Primeiramente, deve se dar todas as vacinas recomendadas e o as doses de vermífugo antes de passear com ele na rua pela primeira vez.

Além disso, é preciso que desde cedo seja feito um treinamento com o animal. Assim, ele se torna um cão obediente e educado. Se isso não for feito, pode ser difícil corrigir seu comportamento quando for mais velho.

Saúde

O Peekapoo normalmente é um cão resistente e saudável que não costuma apresentar doenças específicas. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados para garantir que permaneça dessa forma.

As visitas ao veterinário devem acontecer pelo menos uma vez ao ano. Deve ser feito um check-up geral para verificar se está tudo bem. Da mesma forma, as vacinas devem ser dadas para prevenir doenças comuns, como a raiva.

A alimentação também é importante e deve ser somente com ração de qualidade e nas quantidades recomendadas pelo veterinário. Assim, fica muito mais fácil prevenir diabetes e obesidade.

Os exercícios físicos também ajudam na saúde desse animal. Esse cão deve ser levado para caminhar todo dia e, se possível, viver em um ambiente que o permita correr livremente.

Para quem vive em apartamento, os parques e as praças públicas são também boas opções. Assim, o animal fica muito menos propenso ao excesso de peso.

Como cuidar

Existem alguns cuidados básicos que a criação de um cão dessa raça exige para que ele se desenvolva da melhor forma possível. Assim, é possível garantir-lhe uma vida longa e feliz.

Peekapoo características e cuidados

Esse é um cão que mistura as características do Poodle e do Pequinês. Ele é pequeno, possui uma pelagem longa e olhos sempre atentos.

Um cuidado bastante importante é em relação à sua pelagem. Por possuir pelos longos e que embaraçam facilmente, esse cão precisa ser escovado todos os dias. Deve-se usar uma escova própria e escová-lo de forma delicada para não machucar.

Os banhos devem ser semanais, principalmente em períodos de calor. A tosa também é importante, devendo ser feita pelo menos uma vez ao mês. E nesse mesmo período de tempo suas unhas devem ser cortadas.

Outro cuidado é o de levar o Peekapoo para passear diariamente. Esse cão, apesar de seu tamanho, possui muita energia e precisa gastá-la. Caso contrário, pode ficar estressado e desobediente.

Brincadeiras com bolinhas e ossinhos também são uma excelente forma de fazer com que esse cão gaste as energias que possui. Porém, os brinquedos devem ser sempre próprios para cães, para evitar que possuam corantes ou materiais que possam lhe fazer mal.

Alimentação

O cão da raça Peekapoo pode ser um pouco mais frágil por conta de seu porte. Portanto, é preciso garantir que ele tenha uma alimentação rica em nutrientes para ficar forte e saudável.

Escolhendo a ração certa para o Peekapoo

A base da alimentação dos cães dessa raça deve ser sempre uma ração de qualidade. O ideal, também, é que ela seja voltada para a faixa etária do cachorro.

Até o primeiro ano de vida, a melhor opção são as rações para filhotes. Elas são menores, mais fáceis de mastigar e possuem todas as vitaminas e minerais necessários para o animal se desenvolver.

Quando completa 1 ano, já é possível ir misturando a ração de filhotes com uma para cães adultos. Aos pouquinhos, vá misturando a primeira com a segunda até ter trocado completamente.

Já quando o cão entra na terceira idade, por volta dos 8 anos, o mais indicado é oferecer-lhe a ração para cães idosos. Nessa idade, novamente a mastigação pode ser prejudicada, por isso, esse alimento costuma ser mais macio. Além disso, as necessidades nutricionais também mudam, e ela pode atende-las melhor.

Biscoitos e petiscos: como e quando dar ao cachorro

Os biscoitos e petiscos caninos costumam agradar muito aos cães, e com os da raça Peekapoo não é diferente. Porém, apesar de saudáveis e recomendados para eles, é preciso saber como e quando dar.

O ideal é que sejam oferecidos somente uma vez ao dia, para não deixar o cão mal-acostumado. Além disso, devem ser oferecidos em pouca quantidade, não devendo jamais ser usados como substitutos da ração.

Uma boa opção é usar os petiscos em momentos de treinamento. Eles funcionam muito bem quando utilizados como recompensa para ensinar comandos e truques ao cachorro Peekapoo.

Preço

O preço do Peekapoo vai variar conforme o local, o sexo e os criadores.

Peekapoo preço

Esse cão pode ser encontrado por valores que variam entre 500 até 1500 dólares, o que dá em torno de 1500 a 4500 reais.

Peekapoo Brasil

No Brasil, infelizmente, essa ainda é uma raça pouco difundida. É difícil encontrar filhotes para venda e não existem muitos criadores específicos.

Peekapoo canil

Os canis voltados para a criação dessa raça são mais comuns nos Estados Unidos e na Europa. É possível encontra-los pela internet em sites de busca e também em redes sociais, onde costumam colocar fotos e mais informações sobre os filhotes disponíveis.

O Peekapoo é uma raça muito dócil, agradável e que conquista quem conhece. É indicado para pessoas de todas as idades que queiram um cão de companhia para alegrar seus dias. Além disso, não exige muitos cuidados e não dá muito trabalho.

A raça Peekapoo está na categoria Cachorros Pequenos