Lagotto romagnolo

Cachorro Lagotto romagnolo

Origem e história

Estudiosos da raça e historiadores afirmam que o cão da raça Lagotto Romagnolo surgiu na época da Roma Antiga. Ele era conhecido como o cão de caça aquática, atuando nos pântanos da região de Romagna, na Itália, durante o século XVI. Ao longo do tempo, os “cães da água” (como eram conhecidos) continuaram a se reproduzir por grande parte da região italiana.

O Lagotto Romagnolo cão era conhecido também por ser o melhor cão de caça de trufas (espécie de fungo subterrâneo), devido à sua pelagem espessa, e por não ter medo de explorar florestas, tendo atuado muito nesta função ao longo do século XIX. São os únicos no mundo (conhecidos) que possuem essa característica.

Até os dias atuais, o Lagotto Romagnolo fareja esse tipo de fungo, contudo, já é considerado um excelente cão de companhia, bastante utilizado para este fim na Escandinávia e no Reino Unido.

Ele é considerado um cão compacto, forte, com uma cabeça bem grande, focinho amplo e orelhas triangulares com pontas arredondadas. O cão desta raça possui grandes olhos e cauda de comprimento médio.

Lagotto Romagnolo cores

O Lagotto Romagnolo pode possuir coloração branco sólido, branco com manchas laranjas ou marrons, totalmente marrom (em todas as nuances) ou até mesmo totalmente laranja. Alguns exemplares possuem uma máscara de marrom a marrom escuro. Além disso, marcações castanhas (em diferentes nuances) também são observadas em alguns cães da raça.

Lagotto Romagnolo pelo

O cachorro Lagotto Romagnolo possui um tamanho de pequeno para médio, de corpo bastante proporcional, forte e aparência rústica. Sua pelagem é densa e encaracolada, com uma textura lanosa.

A pelagem não deve ser escovada à maneira das raças Poodle e Bichon Frisé, tendo em vista que possui mais facilidade em formar nós. O corte correto contribui para acentuar o visual natural e rústico, típico da raça.

Uma peculiaridade de sua pelagem curta é que ela clareia ao longo dos anos. Além disso, tem como ponto positivo o fato de que seus pelos não caem, o que acaba favorecendo tutores alérgicos aos pelos de cachorros ou gatos.

Seu pelo de cobertura e, especialmente, seu sub-pelo, são impermeáveis. Se a pelagem não é tosada regularmente, ela tende a feltrar, porque continua crescendo. Por esta razão, uma tosa completa deve ser executada, no mínimo, uma vez por ano.

Temperamento

Lagotto Romagnolo personalidade

O Lagotto Romagnolo tem um temperamento gentil e muito brincalhão, especialmente com crianças. Ama a proximidade e o afeto dos seus familiares. Possuem uma forte conexão com os membros de sua família e, por isso, podem latir quando detectam algum estranho na casa. Costumam ficar mais silenciosos à medida em que ficam mais velhos.

O Lagotto Romagnolo é muito carinhoso, dócil e apegado ao seu dono. É alerta, fiel e muito inteligente. Convive bem com outros animais de estimação, desde que seja acostumado desde filhote.

Por ser originalmente um cão de busca, possui até hoje um faro muito apurado e adora cavar e brincar na água. Seus sentidos são aguçados, tendo sido modificados pela seleção genética, são ótimos companheiros e bons cães de guarda.

Lagotto Romagnolo filhote

O filhote de Lagotto Romagnolo tem muita energia. Ele precisa não só de exercícios físicos diários, mas também ocupar sua mente, para não sofrer com ansiedade. É indicado que, desde cedo, acostume o filhote com atividades de busca e procura, e até mesmo esconde-esconde.

Além disso, precisa ser devidamente adestrado, desde pequeno, para que não tenha problemas de socialização com as pessoas, ou até mesmo com outros animais. Por ser um animal inteligente, seu treinamento não é difícil, mas precisa de um tutor firme, que saiba impor limites.

Cuidados

O Lagotto Romagnolo carece de cuidados especiais, com tempo e dedicação do seu tutor. Sua pelagem deve ser penteada com pente fino semanalmente, para desfazer os nós. É recomendado também que ele seja tosado no mínimo uma vez ao ano, para que seus pelos voltem a formar os caracóis. O pelinho de suas orelhas deve ser cortado regularmente, evitando-se acúmulo de sujeira e possíveis infecções.

É uma raça de cão que pode viver em apartamentos, até porque não é de grande porte. Porém, precisa de exercícios de três a quatro vezes por dia, especialmente porque aprecia a companhia do dono para caminhadas. Em um quintal, é importante ficar atento ao jardim, porque ele tem tendência a cavar a terra.

Além disso, é importante estar sempre atento a seus olhos e pele, para que possíveis infecções sejam diagnosticadas e tratadas com antecedência.

Saúde

O cão Lagotto Romagnolo pode vir a apresentar alguns problemas de saúde. De acordo com estudos, alguns distúrbios neurológicos estão associados à raça, sendo, principalmente, atribuíveis a uma criação e alimentação deficientes.

Algumas outras patologias que podem atingir o Lagotto Romagnolo são a displasia coxofemoral e a epilepsia. A realização de testes genéticos pode ajudar a identificar doenças.

É importante levá-lo ao veterinário de seis em seis meses, ou ao menos uma vez por ano, para garantir que todas as vacinas estejam em dia, bem como a vermifugação e os anti-parasitários, e, também, para fazer exames de rotina. Sua expectativa de vida é de 16 anos.

Alimentação

A quantidade de ração necessária para a alimentação do Lagotto Romagnolo vai variar de acordo com o peso e com o tamanho do exemplar. Como tende a ser um cão de porte médio a pequeno, a recomendação é de que seja alimentado de duas a três vezes ao dia, com pequenas porções de ração.

Até os primeiros 12 meses, o Lagotto Romagnolo é considerado filhote. Nesta fase, a quantidade de ração varia de 95g a 145g por dia. Os alimentos indicados são rações específicas para filhotes. A partir de um ano, ele já é considerado adulto. Deve-se mudar a ração para cães adultos, e a quantidade vai variar de 125g a 160g por dia.

A água deve ser deixada à vontade, e reposta assim que terminar. Por ser uma raça muito ativa, tende a sentir bastante sede ao longo do dia.

Recomenda-se utilizar a alimentação Premium ou Super Premium, por possuírem melhor digestibilidade, serem muito bem absorvidas e possuírem uma composição balanceada de proteínas e nutrientes.

Preço

Lagotto Romagnolo preço

Um filhote de cachorro Lagotto Romagnolo saudável, com toda a documentação e certificado pedigree, custa entre 600 e 1000 euros, o que equivale a um preço de R$2.600 a R$4.380,00. O preço vai variar em relação ao aspecto preponderante do exemplar. O cão que possui uma característica de caça maior acaba sendo mais caro do que o cão de estimação, mais caseiro.

Lagotto Romagnolo canil

O Lagotto Romagnolo Brasil não possui muitos locais conhecidos que desenvolvam esta raça. Caso encontre anunciando em sites de compra e venda, busque todos os detalhes possíveis, para não ser enganado.

Busque, em sua cidade, canis especializados em raças similares. Talvez você consiga encontrar algum exemplar do Lagotto Romagnolo, ainda que aquele local não seja efetivamente especializado na raça; alguns locais procuram importar raças diferentes e testam a criação no Brasil, antes de se especializar.

Seja de que forma for, antes de efetuar qualquer tipo de compra, é importante que se faça uma pesquisa aprofundada sobre o local de onde ele está sendo adquirido, as condições de criação e sua estrutura familiar, tanto para conhecer os pais do cãozinho, quanto para verificar se todos os exemplares criados são bem tratados.

A raça Lagotto romagnolo está na categoria Cachorros Médios