Pitbull

Cachorro Pitbull

Origem e história

O Pitbull, cujo nome completo é American Pit Bull Terrier (APBT), tem uma origem nada agradável, já que os cães dessa raça eram usados em batalhas sangrentas com outros animais.

É um cão de origem americana, já que foi nos EUA que ele obteve suas características físicas e personalidade. Não há registros que comprovem de maneira objetiva a respeito da origem da raça Pitbull, existindo muitas divergências entre os historiadores a respeito disso.

Uma grande parte deles defende que o American Pitbull Terrier trata-se de uma variação americanizada do cão Staffordshire Bull Terrier, que consiste em um animal desenvolvido na Inglaterra no fim do século XIX, com a finalidade de participar de brigas. A outra parte dos historiadores acredita que ele seja, na verdade, uma variação moderna do Bulldog, pois já foram encontradas diversas gravuras antigas com esses cães bem semelhantes ao Pitbull atual.

Pitbull2

Na época em que foi criado, era usado como um cão de fazenda, que cuidava do gado e também ovelhas. Algum tempo depois, algumas pessoas e criadores começaram a usá-lo para participar de campeonatos de luta.

O uso do Pitbull americano como cão de luta fez com que ele fosse posteriormente perseguido em todo o mundo, pois várias pessoas ainda o considerassem um animal brutal, sanguinário e irracional.

Ele não foi aceito no famoso American Kennel Club (AKC) e, por esse motivo, posteriormente foi fundado o United Kennel Club (UKC), onde o Pitbull enfim acabou sendo registrado. Após esse acontecimento, ele passou a ser criado para ser apresentado em exposições de cães.

Infelizmente, apesar de proibidas, as lutas continuam a acontecer em lugares clandestinos, com o envolvimento de apostas e muito interesse entre os adeptos.

Temperamento

Apesar de os cachorros Pitbull terem sido originalmente desenvolvidos para participar de combates com outros animais, sua verdadeira natureza é a de um cão alegre e sociável, que convive bem ao lado da família onde é criado. Trata-se de um animal fiel, que deseja sempre agradar o seu dono. Possui uma grande força de vontade e é muito ativo. É um cão muito resistente, que pode suportar a dor melhor que outras espécies de cães.

No geral, o Pitbull é um cão que obedece às ordens que são direcionadas a ele. Além disso, é também um excelente cão de guarda, que demonstra muita coragem quando necessário, podendo até mesmo a lutar até a morte para proteger seus donos e o seu território.

Ele é um animal bastante divertido, que gosta de estar na companhia de adultos e crianças, por quem demonstra uma grande afeição, permitindo ser tocado e gostando de participar das brincadeiras junto a elas.

Pitbull

Seu temperamento poderá vir a se tornar hostil não com pessoas, mas com outros cães e animais. Apesar disso, essa agressividade pode ser afastada quando o Pitbull é adestrado de maneira firme e tranquila por alguém que mostre a ele características de um líder.

Ainda hoje, muitas pessoas ainda o treinam como um cão de briga, o que aumenta a sua fama ruim de animal agressivo. Na verdade, caso o animal demonstre uma tendência para um temperamento agressivo, isso deverá ser observado e prevenido até que ele atinja cerca de 2 anos de idade, época em que a sua personalidade já estará totalmente estruturada.

Por causa dessa discriminação, existem até mesmo locais onde é proibida a presença de Pitbulls. Por isso, é preciso levar em conta que, ao decidir adquirir esse cão, poderá enfrentar esse tipo de preconceito.

Cuidados

Devido às suas origens de cão de briga, o Pitbull não é um animal que se adapta facilmente ao convívio em matilha, por conta da natureza da sua personalidade. Apesar de se dar bem com as crianças em geral, ele não deve permanecer sozinho junto a crianças desconhecidas.

Pitbull3

Não há problema para que o cão viva em apartamentos, mas é de grande importância que ele se mantenha ativo com atividades físicas regularmente. Isso porque ele consiste num animal muito ativo, por isso precisa se exercitar para não ficar estressado. O ideal é que seja levado para passeio, onde possa caminhar por vários minutos.

Saúde

O Pitbull cão costuma ser uma raça saudável, porém, alguns podem apresentar doenças cardíacas congênitas, problemas no quadril, além de alergia, doenças de pele e catarata. O Pitbull pode ser encontrado nas mais variadas cores, como branco, preto, cinza, marrom, cinzento, entre outras.

O Pitbull é um animal atlético, tem a cabeça larga, pescoço musculoso e mandíbulas poderosas. Seu corpo é mais comprido do que alto, tem o rabo largo, que se afina em direção a ponta e seu pelo é curto e áspero.

Pitbull5

Apesar de ser um animal de estatura atarracada, possui uma grande agilidade, além de sua força, que pode ser impressionante. É muito comum que o Pitbull tenha o seu rabo e orelhas cortadas, mas nem todas as pessoas optam por isso. Inclusive, esse ato é proibido na maioria dos países.

Seu tamanho médio varia de 35 cm a 60 cm de altura. Já o seu peso pode ser de 10 ate 35 quilos. Sua expectativa de vida media é de cerca de 12 anos, podendo chegar à idade de 14 anos de idade.

Como cuidar

É preciso levar em consideração que o Pitbull é um cão que possui muita força física. Por isso, é muito importante que, ao sair para passear, ele esteja sempre preso à coleira. Isso evitará que ele se meta em brigas com outros animais ou então provoque receio nas pessoas que encontrar pelo caminho.

Não consiste em um animal grande, por esse motivo, pode ser criado de maneira tranquila em casas pequenas ou então em apartamentos.

Pitbull4

A criação do animal é um fator determinante para o desenvolvimento da sua personalidade. Por isso, se ele for criado para ser um cão de comportamento intimidador, será agressivo. Caso contrário, se for tratado de forma sociável, será um animal companheiro e respeitador.

O Pitbull não exige grandes cuidados especiais. Seu banho pode ser a cada 2 ou 3 meses e, por possuir pelagem curta, podem ser escovado semanalmente.

Pitbull filhote: como cuidar

O adestramento dos filhotes de Pitbull deve ser feito de maneira firme, já que ele pode se mostrar um pouco desafiador no início do seu treinamento. Se ele não receber limites, poderá achar que é o dono da casa e que poderá fazer o que bem entender.

O melhor é que ele seja socializado com outros animais desde filhote, para assim evitar que se torne agressivo na presença deles no futuro. Após o adestramento, ele se tornará um animal tranquilo e obedecerá às regras fielmente. É essencial que o Pitbull entenda que ele não deve pular ou avançar sobre ninguém, respeitando os comandos do seu dono.

Alimentação

A alimentação do Pitbull, assim como todo animal, precisa ser feita de acordo com as necessidades nutricionais da raça, que levam em conta vários fatores, como o seu tamanho e energia gasta durante o dia.

Por se tratar de um animal ativo e com a constituição física com musculatura avantajada, seu alimento precisa conter doses equilibradas de proteínas, vitaminas e outros componentes essenciais para a boa manutenção da sua saúde.

Quanto ao filhote de Pitbull, o recomendável é que seja oferecida uma ração específica para a sua raça, de 3 a 4 vezes ao dia. A ração deve ser seca, de preferência, já que alimentos enlatados de constituição molhada podem resultar na criação de placas bacterianas. Porém, esse alimento poderá ser dado ao filhote se, por algum motivo, o veterinário fizer essa recomendação. O melhor é que seja evitado dar a ele sobras de comida humana.

Quando adulto, após completar um ano de idade, ele poderá gradualmente passar a se alimentar por 2 vezes ao dia, com ração seca, semiúmida ou alimento enlatado específico para a sua raça. A quantidade deve ser de acordo com o especificado na embalagem.

Vegetais poderão ser incluídos na alimentação do Pitbull, pois, além de saudável para ele, alimentos crus ajudam a manter seus dentes limpos. Porém, é importante não esquecer que ele precisa de carne em sua dieta. Por isso, é bom que receba quantidades razoáveis de carne magra, ossos de frango, etc.

Preço

É possível adquirir um exemplar de Pitbull filhote pelo preço variando de R$ 500,00 a R$1.000,00 reais.

Pitbull preço: variações

Os preços do Pitbull podem sofrer variações, de acordo com o seu pedigree, ou também a tonalidade da sua pelagem.

Pitbull venda

Pitbulls comprados pela internet ou então em petshops podem não ter as características puras da raça. Por esse motivo, se desejar adquirir um cão com pedigree, o aconselhável é que o busque em canis especializados e credenciados.

Pitbull canil                                  

Ao buscar um Pitbull nos canis, é importante solicitar ao criador o histórico dos seus pais e avós, sendo da responsabilidade deles informar sobre qualquer tipo de problemas. É interessante também que seja solicitado informações sobre como o canil procede em casos de doenças genéticas que possam eventualmente se manifestar no filhote adquirido.

Pitbull adoção

Não é difícil encontrar exemplares de Pitbull para adoção, seja pela internet ou feirinhas de adoção. Alguns donos acabam disponibilizando seu cão adulto ou fazem a doação de filhotes da raça. Apesar disso, o cão provavelmente não possuirá uma raça pura.

A raça Pitbull está na categoria Raças