Morkie

Cachorro Morkie

Origem e história

O nome pode soar como um personagem de desenho animado direto da tela do cinema, mas, na realidade, o Morkie é um adorável vira-lata.

Não está claro de onde surgiu o nome "Morkie", mas este híbrido, oriundo do cruzamento do Yorkshire Terrier com Maltês, emergiu dos Estados Unidos nos últimos 20 anos, tornando-se, nesta última década, mais popular no Reino Unido e na Irlanda. Em alguns círculos, o nome "Morkshire Terrier" é mais popular, mas, comparando ambos, parece improvável que este seja o mais comum dos dois. 

O cão Morkie é valorizado por seu pelo curto, que atrai os donos alérgicos a animais de estimação ou pessoas interessadas em cães de pequeno porte, e também dá a esse híbrido uma irresistível fofura.

No entanto, a combinação do fogo do Yorkshire Terrier com o entusiasmo do Maltês nunca iria produzir um cachorro zen, e a aparência de urso de pelúcia do Morkie desmente sua suprema confiança e exalta o potencial para a teimosia. 

Essa combinação única de atributos tornou a “raça” extremamente popular, embora a fama, por sua vez, tenha levado ao surgimento de linhagens de Morkies que foram maltratadas e suscetíveis a problemas de saúde a longo prazo.

Como dito anteriormente, o Morkie é um cão desenvolvido do cruzamento de um Maltês com um Yorkshire Terrier e, embora ambas as raças originais sejam reconhecidas nos clubes de canil no mundo todo, seus descendentes híbridos ainda não se tornaram uma raça oficial. 

A principal razão para a cautela em torno de raças de cães como Morkie é que os resultados da reprodução não são confiáveis. Antes de cada cruzamento, você não sabe o que vai conseguir: um filhote pode herdar uma raça mais do que a outra ou contrair os problemas de saúde de ambas as linhagens.

São cães de ossos finos com uma pelagem macia e ondulada que geralmente ficam entre o Morkie branco e preto, preto e castanho ou cor de damasco, embora outras combinações de cores sejam comuns.

Temperamento

Para entender um Morkie na personalidade, é essencial perceber que esses cachorrinhos não têm ideia de quão pequenos e frágeis são. A maioria é absolutamente destemida, e vai ficar firme (ou até mesmo ser o agressor).

Quando se deparar com um cão maior, um visitante da casa ou um veterinário se aproximando com uma agulha, eles irão para cima. Em casa, são devotados, e acompanharão seus donos por toda parte, exigindo e precisando de constante atenção. Embora possam ser mais felizes enquanto cochilam em um colo, também são muito brincalhões e podem passar horas correndo em torno de uma sala perseguindo e recuperando uma bola.

O Morkie é um cão de guarda vigilante. Sempre atentos, eles dão alarme simplesmente com o som de passos se aproximando, fechando portas de carros ou pássaros cantando no jardim. 

Por esta razão, muitos proprietários se queixam de latidos incômodos. Embora os Morkies geralmente sejam sociáveis ​​com outros cães, são facilmente feridos e só devem ser deixados na companhia de companheiros igualmente diminutos. Pela mesma razão, eles não são animais de estimação realmente adequados para crianças pequenas.

O Morkie é de tamanho realmente pequeno, exige cuidados e não pode ser confundido com um brinquedo. Esses corpos em miniatura possuem muito espírito e caráter, e se dão melhor com adultos e crianças mais velhas. 

Cuidados

A pelagem curta é muito fofa e fina, e desenvolverá rapidamente nós, se deixada ao descaso. A escovação diária é essencial para mantê-la livre, e, como tende a acumular sujeira, deve ser lavada uma vez por mês com um xampu suave para cães. 

Os produtos desenvolvidos para cabelos humanos têm um pH muito mais alto, o que significa que são bastante ácidos, secam rapidamente e danificam a pelagem do cão, se usados.

O pelo do cão Morkie pode chegar a vários centímetros de comprimento, e o corte deve ser feito de cada seis a oito semanas, para mantê-lo relativamente curto e mais fácil de manejar. 

A higiene dentária é extremamente importante para as raças menores, e a escovação diária com uma escova pequena e pasta de dentes para cães deve começar quando o Morkie tiver apenas algumas semanas de idade, estabelecendo este hábito saudável por toda a vida.

Saúde

Os problemas mais comuns vistos nos Morkies são os de saúde ocular, auditiva e bucal típicos das raças de origem deste cruzamento. Também estão predispostos a traqueia colapsada e espirros reversos. Hipoglicemia, derivação portossistêmica e luxação patelar foram ainda diagnosticadas nesta linhagem híbrida.

No entanto, estas não são questões que de fato acontecerão com qualquer cão, que pode ser afetado por indagações hereditárias, enquanto outros podem ser perfeitamente saudáveis. 

Exames veterinários regulares e uma boa dieta podem ajudar a prevenir essas condições antes que se tornem um problema.

A melhor garantia de que não está recebendo um filhote de Morkie com problemas genéticos de saúde, devido à reprodução irresponsável, é ir a um criador respeitável. 

Como esses profissionais cuidadosamente escolhem as linhas e se concentram em eliminar problemas hereditários nos filhotes, há menos chances de o interessado estar gastando muito em contas do veterinário para manter o Morkie saudável. 

O principal objetivo de bons criadores é criar um filhote de cachorro bonito e saudável, que pavimente o caminho para uma nova raça ser reconhecida, e não ganhar dinheiro com animais mal gerados, como é o caso dos criadores de quintal.

Além disso, interessados devem ficar longe de cachorros muito pequenos e perfeitos. Embora sejam, sem dúvida, mais bonitos do que um botão, são muitas vezes um produto de práticas de reprodução antiéticas e geralmente têm inúmeros problemas de saúde. A vida média de um cão Morkie é entre 10 e 16 anos.

Como Cuidar

Brilhantes mas teimosos, os Morkies são moderadamente fáceis de treinar. Enquanto a inteligência deles torna quase simples aprenderem truques e comandos, suas maneiras teimosas podem tornar o processo cansativo. Eles precisam de uma pessoa gentil e paciente para trabalhá-los durante as sessões de treinamento. Os métodos duros farão com que os Morkie recuem e fiquem paralisados, sem mencionar que esse tipo de treinamento canino é contraproducente. As sessões de treinamento devem ser sempre felizes e divertidas, cheias de recompensas deliciosas e elogios entusiasmados. 

Com técnicas de treinamento positivas, o Morkie pode ser um estudante maravilhoso. Apesar de ser um cachorro pequeno, é um cão bastante energético. Ele não requer muito exercício. Uma rápida caminhada pela manhã e um passeio noturno proporcionarão ao animal o vigor que ele precisa para se manter saudável e em forma.

Filhote de morkie: como cuidar

A socialização precoce com pessoas e animais de estimação é importante para o cão Morkie. Crescer em boa companhia ajuda o filhote a desenvolver suas habilidades sociais, o que o impedirá de se tornar um cão adulto tímido e inseguro. 

As aulas ao filhote de Morkie ajudarão com essas habilidades, bem como formarão a base para aprender mais tarde na vida. Quando não são estimulados a ser uma raça enérgica, de alta manutenção, sem exercício suficiente, Morkies se tornam entediados e destrutivos.

Alimentação

Os Morkies podem ser cães pequenos, mas têm um enorme apetite. Esses pequerruchos podem comer seu peso em ração. Claro, isso não significa que o dono deve deixá-los: seguir a recomendação do fabricante de alimentos para animais de estimação ou de um veterinário competente é o caminho mais seguro a seguir.

A maioria das pessoas decide alimentar esses cachorros com rações apropriadas para cães de raças pequenas, pois esses produtos contêm todos os nutrientes necessários e atendem aos requisitos dietéticos do animal de estimação.

Embora o dono possa escolher qualquer alimento para cães adequado a qualquer uma das raças-mãe, por causa dos problemas dentários comumente encontrados neste cruzamento, é melhor fornecer ração seca de alta qualidade. O alimento seco evita cáries, acúmulo de placas, infecções nas gengivas, perda de dentes e mau hálito.

Preço

O preço de um filhote de Morkie pode variar de R$ 3.200,00 a R$ 13.700,00. Mas o cão Morkie tem valor real entre US$ 850,00 à US$ 3.700,00.

Cão morkie preço

O custo de um cão Morkie varia muito e depende de diversos fatores, como localização dos criadores, reputação, tamanho da ninhada, linhagem do filhote, popularidade da raça (oferta e demanda), treinamento, esforços de socialização, linhas de raça e muito mais. 

Morkie canil

A cidade brasileira mais popular a criar o cão Morkie é Curitiba. De resto, Morkie para comprar no país é realmente difícil de conseguir, pois a raça ainda está em desenvolvimento e com maiores interessados nos Estados Unidos e outros países. 

No exterior, um filhote de Morkie custará entre US$ 850,00 e US$ 3.700,00. Este é um dos valores mais elevados para um cão gerado de cruzamento, porque eles são populares. 

As raças menores, de baixa pelagem e mistas hipoalergênicas são geralmente mais demandadas do que qualquer outra. Além disso, há possivelmente alguns outros custos iniciais de criação, como uma caixa, saco de transporte, tigelas, coleira, exames de sangue, desparasitação, castração e etc. Estes poderão ser entre US$ 360,00 e US$ 400,00. 

Em seguida, há os custos básicos com alimentos, check-ups médicos, guloseimas, seguro para animais de estimação, licenças, treinamento, tosa e prevenção de pulgas. Estes chegam entre US$ 845,00 e US$ 1.050,00 por ano.

A raça Morkie está na categoria Cachorros Pequenos