Cão Imperial Chinês

Cachorro Cão Imperial Chinês

Origem e História

O Cão Imperial Chinês é uma raça que teve sua origem na China, mais especificamente no Palácio Imperial, por volta do ano 700 depois de Cristo. Este cão foi criado com o intuito de servir como um cão de companhia.

Outro fato curioso é que, no Palácio Imperial da China, este cão era utilizado com a finalidade principal de servir como um aquecedor de pés para o Imperador, já que possui muito pêlo e costuma se deitar sempre por perto de seu dono.

Embora a sua origem seja muito antiga, a raça Cão Imperial Chinês só foi reconhecida oficialmente muito recentemente, no ano de 2005, pelos Estados Unidos da América.

Temperamento

Cão Imperial Chinês Temperamento

Por ter sido criado justamente para servir como um cão de companhia, em geral, o Cão Imperial Chinês apresenta um comportamento muito dócil e amoroso.

Esta raça é extremamente carinhosa e costuma apresentar um bom relacionamento com todos à sua volta, até mesmo pessoas estranhas, caso não se sinta ameaçado.

Além disto, é um cão muito agitado e brincalhão, o que faz com este animal seja uma excelente companhia para crianças de qualquer idade. O seu relacionamento com outros animais também costuma ser bem tranquilo, porém é aconselhável que este entrosamento do Cão Imperial Chinês com outros animais seja feito desde muito cedo, quando ele ainda for um filhote.

Cão Imperial Chinês Personalidade

O Cão Imperial Chinês possui uma personalidade muito tranquila e fácil de lidar. É um cão brincalhão e que, caso seja treinado desde cedo, pode tranquilamente entender a responder positivamente a comandos.

Além disto, são extremamente leais aos seus donos, e adoram a companhia dos mesmos, procurando estar perto em todos os momentos possíveis.

Cuidados

Por ser um cão de pequeno porte, a raça Cão Imperial Chinês pode viver tranquilamente em apartamentos e casa menores, desde que os seus donos possam dispensar parte de seu dia para proporcionar ao seu cachorro alguns minutos de atividade física diária.

O ideal é que sejam realizados ao menos cerca de 30 minutos de exercícios por dia, para promover o gasto de energia acumulada pelo seu cão. As atividades podem incluir caminhadas de média duração ao ar livre, o que irá ajudar na socialização e ambientação de seu Cão Imperial Chinês, além de atividades que possam estimulá-lo mentalmente.

É muito importante lembrar que o exercício físico para o seu cão trará inúmeros benefícios quanto à redução do estresse, da ansiedade e uma consequente melhora da qualidade de vida para o seu animal.

Além disso, o Cão Imperial Chinês gosta de estar sempre rodeando os seus tutores e não gosta de ficar sozinho por muito tempo. Caso se sinta solitário, ele poderá fazer muita bagunça para poder se distrair, por isso aconselhamos que o dono seja alguém que não fique ausente por muito tempo.

Cuidados com o filhote de Cão Imperial Chinês

Como já foi dito anteriormente, a socialização é algo muito importante para que o Cão Imperial Chinês consiga se adequar ao ambiente ao seu redor da melhor forma possível. Além disso, para garantir que seu cão seja obediente e tenha um bom comportamento, é muito indicado que haja um treinamento específico para isto.

Entretanto, é recomendado que, tanto o processo de socialização como o treinamento, sejam feitos quando o seu animal ainda for um filhote, pois é durante esta idade que o processo de aprendizado do cachorro pode ser estimulado da melhor forma.

Outro cuidado importante com o seu Cão Imperial Chinês filhote é manter todas as vacinas recomendadas pelo seu veterinário e a vermifugação sempre em dia, para assim garantir uma melhor qualidade de vida e saúde para o seu cão.

Saúde

A expectativa de vida do Cão Imperial Chinês gira em torno de 10 a 15 anos de idade, sendo que esta é uma raça que não costuma ter muitos problemas de saúde. Porém, devido ao fato de ser uma raça pequena, este cão se mostra um pouco susceptível a desenvolver doenças típicas de cães de pequeno porte, como a hipoglicemia.

A hipoglicemia é caracterizada pela diminuição da taxa de açúcar no sangue, sendo que esta condição nos cães pode ocorrer devido a um mau funcionamento do pâncreas.

Como sinais e sintomas da doença, o cachorro pode vir a apresentar sonolência, fraqueza, tremores e até mesmo perda de consciência e convulsões, seguidas de parada cardíaca em casos mais graves.

Nestes casos, quando perceber que o seu Cão Imperial Chinês está passando por uma possível crise hipoglicêmica, o ideal é lhe oferecer comida e, caso os sintomas se agravem, deve-se procurar atendimento veterinário o mais rápido possível.

Não há um tratamento específico para a hipoglicemia, porém algumas medidas como alimentar o seu cão pelo menos 3 vezes ao dia ou manter ração sempre disponível, podem ajudar a regular a taxa de açúcar no sangue, evitando assim as crises agudas.

Como Cuidar

Os cuidados a serem dispensados ao Cão Imperial Chinês são razoavelmente básicos. Seus pêlos devem ser escovados pelo menos 2 ou 3 vezes por semana, para evitar que embaracem.

Banhos devem ser dados ocasionalmente, quando houver grande necessidade ou então 1 vez ao mês, sempre tendo o cuidado de secá-lo muito bem. Quanto à tosa, que é feita de maneira padrão, para manter a aparência característica da raça, deve ser feita cerca de 1 vez a cada 3 meses.

Os donos de Cão Imperial Chinês devem sempre ficar atentos e verificar periodicamente a orelha de seus animais a fim de identificar alguma possível lesão ou infecção que possa vir a acometê-lo.

Alimentação

A alimentação é um dos fatores cruciais para manter a saúde do seu animal sempre em dia. Sendo assim, é de extrema importância que o seu tutor opte sempre por rações de boa qualidade e que possuam um alto valor nutricional.

No caso da raça Cão Imperial Chinês, recomenda-se oferecer cerca de 2 xícaras de ração por dia, que devem ser divididas em 3 porções iguais, para serem servidas em cada refeição.

Esta quantidade referida acima leva em consideração um cão adulto, porém, na própria embalagem de ração há uma tabela com a quantidade ideal que deve ser oferecida por dia, levando em conta o tamanho e o peso do animal.

Além disto, se você quer garantir que o seu Cão Imperial Chinês esteja sempre saudável, é muito importante que ele tenha água limpa sempre disponível.

Preço

Cão Imperial Chinês Preço

O valor médio pelo qual o filhote de Cão Imperial Chinês é comercializado, gira em torno de R$ 1.200,00 a R$ 1.800,00 reais.

Cão Imperial Chinês Canil

Existem muito canis que são especializados na venda de cães da raça Cão Imperial Chinês. Estes canis estão presentes em quase todo o mundo, e aqui no Brasil eles também podem ser encontrados com certa facilidade.

Fazendo um busca rápida na internet, também é possível encontrar alguns canis que fazem a comercialização de cachorros desta raça de forma totalmente online.

Caso você se interesse por adquirir um Cão Imperial Chinês, é importante pesquisar antes a procedência e as condições nas quais o animal vive e é tratado no canil. Além disto, é importante saber que o preço pelo qual você irá adquiri-lo pode variar bastante dependendo do local e da região onde você mora.

Cão Imperial Chinês Tamanho

O Cão Imperial Chinês é bem conhecido por ser um cachorro de pequeno porte, isto porque ele possui cerca de 22 cm de altura e pesa cerca de 4 quilos.

A raça Cão Imperial Chinês está na categoria Cachorros Pequenos