Terrier Japonês

Cachorro Terrier Japonês

Origem e história

O cão da raça terrier japonês, também conhecido como nippon terrier, nihon teria e nihon terrier, descende dos terriers britânicos de pelos curtos que foram levados a Nagasaki, no Japão, pelos holandeses, em navios mercantes, no século XVIII. Não é muito conhecido fora do país oriental, atualmente sendo raro até em seu próprio país de origem. Dentre os terriers britânicos existentes, o Fox Terrier de Pelo Liso é considerada a raça que mais coadjuvou na formação do terrier japonês contemporâneo.

Apesar de estes cães japoneses existirem desde o século XVIII, sua raça foi originalmente definida apenas no século seguinte, mais precisamente em 1930, sendo oficialmente reconhecida apenas dez anos depois, em 1940. O terrier japonês foi praticamente extinto na Segunda Guerra Mundial e, atualmente, é protegido por uma sociedade de veterinários japoneses, que são dedicados a lutar pela sobrevivência de diversas raças japonesas.

Temperamento

O terrier japonês cão é uma excelente companhia, com um temperamento alegre e enérgico, sendo bastante vigilante e alerta ao mesmo tempo. Cães desta raça geralmente são muito leais, amorosos e fiéis com os seus tutores, e preferem a vida no seio de uma família, dentro de casa, considerando que são bem sensíveis às baixas temperaturas.

Por ser um cão de porte pequeno, é excelente para apartamentos e casas com poucos cômodos, sendo necessário, contudo, ser exercitado regularmente. Acaba virando um superprotetor do seu tutor, sendo sensível a quaisquer tipos de situações que possa considerar como perigosas para este.

Terrier Japonês Personalidade

Bastante inteligente, o terrier japonês costuma aprender bem rápido todas as coisas que lhe são ensinadas, e adora ser treinado, curtindo especialmente novos truques e técnicas. Sua ligação com o tutor é algo único, fazendo com que esta raça passe sua vida obedecendo a apenas uma pessoa, transformando-se em um cão extraordinariamente devoto. É um cão amoroso, leal e afetuoso com seu dono.

Exatamente por possuir uma atitude muito leal ao seu tutor, torna-se um bom companheiro e, na maioria das vezes, busca chamar a atenção das pessoas de sua família, com seu comportamento alegre e brincalhão.

Ele também possui um instinto caçador, logo, pode desenvolver a tendência de perseguir animais menores, como insetos, roedores, e até mesmo coelhos.

Terrier Japonês Filhote

O filhote de terrier japonês é um cãozinho muito animado, excelente companheiro nas caminhadas, com um aspecto muito fofinho. Além de companheiros, são carinhosos, inteligentes e calorosos, e costumam aprender rapidamente os truques e treinamentos ensinados por seus donos, como por exemplo, a fazer suas necessidades no local adequado.

Com seus olhos amendoados, pelo curtinho e tamanho pequeno, relaciona-se muito bem com crianças, e é bastante sociável com outros animais. É uma ótima raça para ser criada em apartamento, pois não cresce muito, não solta muito pelo e é facilmente treinado para se comportar de forma adequada ao espaço pequeno.

Cuidados

Apesar de ser uma raça de porte pequeno, o terrier japonês deve se exercitar regularmente. As caminhadas diárias são essenciais para que seja mantido o bem-estar físico e mental do cão desta raça. Se adapta facilmente a apartamentos e casas pequenas, mas para que não fique estressado, precisa gastar suas energias diariamente. Caso fique por muito tempo confinado sozinho em um espaço pequeno, pode canalizar sua energia para destruir os objetos mais próximos, motivo pelo qual é fundamental levá-lo para passear, ainda que fique solto dentro de casa.

Seus pelos precisam de escovações regulares. Por possuir uma pelagem curta, esta escovação não dá trabalho, mas é importante para que seja evitada a perda excessiva de pelos, sempre buscando renová-los e deixá-los brilhantes e saudáveis. Isso deixa o banho ainda mais fácil também.

Além disso, a raça tende a ser intolerante ao frio, considerando seu porte pequeno e pelagem curta. Assim, quando estiver em passeios externos, é importante protegê-lo com roupinhas de frio. Como todo cãozinho, suas unhas devem ser aparadas regularmente, e suas orelhas devem permanecer secas e limpas, evitando assim as temidas infecções de ouvido.

Saúde

O terrier japonês costuma ser uma raça muito saudável. Desta forma, o risco maior para sua saúde não está apenas relacionada a possíveis doenças comuns aos cães, como displasia do quadril, luxação da patela ou doenças genéticas; mas está ligada, principalmente, aos problemas que o mesmo poderá ter ao roer ou comer objetos que se encontram em sua casa, o que poderá culminar em um problema estomacal.

Considerando sua baixa tolerância ao frio, é recomendado que seus tutores o mantenham aquecido, visando evitar que o animal fique resfriado.

Como cuidar

Esta raça não possui uma necessidade de cuidado específico. Apenas deve-se tomar cuidado ao evitar o excesso de comida, limitando-se a duas a três vezes por dia, e mantendo a água à vontade para sua hidratação. Lembrando sempre que a qualidade da ração é essencial para que o animal cresça e permaneça saudável, devendo ser priorizadas sempre que possível as do tipo Super Premium e Premium, por serem as mais balanceadas nutricionalmente.

O terrier japonês não costuma ficar muito bem quando está sozinho em casa, então é importante, ao menos enquanto está sendo treinado, que seu tutor permaneça presente na maior parte do dia.

Por possuir um instinto caçador, é importante que seu dono o leve para passear sempre de coleira, evitando assim que este persiga os animais pequenos que possa encontrar ao longo do caminho.

Alimentação

Até o primeiro ano, o terrier japonês é considerado filhote. Neste período, a quantidade de ração a ser cedida ao animal varia entre 95/115g por dia, divididos em até três vezes, para que o mesmo se acostume com poucas quantidades ao longo do dia. Após o primeiro ano, já sendo considerado um cão totalmente amadurecido, deve-se alterar o tipo de ração (de filhote para adulto), e a quantidade deve variar de 25/65 gramas por dia.

Estas são as quantidades usualmente recomendadas para os portes padrão da raça. Contudo, é importante lembrar que a quantidade correta de ração varia de acordo com o tamanho e o peso do animal, devendo ser observado o que está disposto na embalagem do produto.

Preço

Terrier Japonês Valor

No Brasil, o preço médio do terrier japonês varia entre R$2.000,00 a R$5.000,00, sempre tendo em mente que, por se tratar de uma raça muito rara, é provável que os anúncios se refiram a mestiços, e não ao cão de raça pura e original.

Antes de proceder com a compra, vale visitar o local de criação, conhecer os pais do cão a ser adquirido, e pesquisar a reputação do vendedor.

Terrier Japonês Canil

Quando se pensa no terrier japonês canil, e até mesmo se pesquisa criadouros da raça, observa-se que não é tão comum encontrar opções no Brasil. Ocorre que, infelizmente, a maior parte da população não terá uma oportunidade de possuir, ou até mesmo de ver um representante da raça pura ao vivo e a cores. Mesmo no Japão, seu país de origem, os terrier japoneses não são comuns. Sabe-se que apenas na Europa existem alguns canis que possuem a raça pura e, mesmo assim, são bem raros de se localizar.

É possível encontrar alguns anúncios na internet anunciando a venda deste bichinho, porém, muito possivelmente, tratam-se de raças mestiças que deram origem a cães com características físicas similares.

A raça Terrier Japonês está na categoria Cachorros Pequenos