Rottweiler

Cachorro Rottweiler

Origem e história 

Especula-se que a raça Rottweiler tenha sido criada por açougueiros da cidade de Rottweil, na Alemanha, para a função de guiar e proteger o gado, bem como seus mercadores; devido à sua força e robustez, também eram utilizados na tração de carros pequenos com cargas. Segundo se diz, teve por progenitora a resistente raça de cães molossoides, pertencentes às antigas legiões romanas, por volta do século I. Contudo, até hoje sua descendência não é absolutamente conhecida.

Em 1904, após vários cruzamentos seletivos, ocorreu a padronização da raça e a partir de 1912 passou a ser utilizada, praticamente de forma exclusiva, pelos militares e posteriormente em ações policiais, o que de fato contribuiu para que a raça fosse considerada como um cão de guarda ideal. Em 1930 foi reconhecida oficialmente pelo American Kennel Club, tendo seu o nome atribuído à cidade de Rottweil.

Rottweiler

Atualmente, também é utilizada no pastoreio, como cão-guia para deficientes visuais e até acompanhando seus donos em esportes como o tracking; isso desmistifica a forte impressão de temperamento violento e agressivo atribuído à raça ao longo dos anos.

Características – Beleza que fascina e que dá medo!

Animal de grande porte, de forma física compacta, musculosa e robusta, pesando cerca de 50 a 60 kg e medindo entre 56 a 63 cm, com expectativa de vida de 8 a 10 anos. (veja algumas fotos de Rottweiler e você terá a dimensão exata da estrutura da raça).

Sua cor padrão é uma combinação perfeita predominantemente preta com marcações em caramelo bem delimitadas na face, peito e patas; sua pelagem é dura e densa, de comprimento médio. Normalmente têm seus rabos cortados, quando ainda pequenos, na altura de uma ou duas vértebras.

Rottweiler1

Com aparência séria e firme, são muito fortes e vigorosos, normalmente causando medo nas pessoas, porém, se adestrados quando pequenos, podem se tornar alegres e dóceis em seu convívio com os seres humanos.

A raça Rottweiler guarda relação genética com extintos de guarda e de atividades de pastoreio e, quando treinados, exercem tais funções com maestria. Não suportam ficar presos por correntes, precisam de espaço para se locomover.

Reconhecidamente uma raça inteligente, que inclusive ocupa o 9º lugar na lista de cães mais espertos, com um olhar tranqüilo, expressam suavidade e fidelidade extrema. Possuem altíssima capacidade de audição e percepção, além de reação rápida a estímulos externos; apesar disso, não atacam imediatamente, mas dão sinais evidentes da intenção de atacar, pois são prudentes e observadores, mas acima de tudo destemidos. Puro charme sobre quatro patas!

Rottweiler Alemão X Rottweiler americano

A diferença básica entre uma espécie e outra reside na aparência, ou seja, nas características físicas; o Rottweiler puro sangue alemão tem o focinho mais arredondado, largo e acentuado, além de ser mais robusto; enquanto o Rottweiler americano tem focinho quadrado e menos pronunciado, sendo também mais magro e esguio e, portanto, mais ágil. Há quem diga ainda, que as diferenças vão além da aparência, sugerindo que apresentam temperamentos diferenciados. Sendo o Rottweiler alemão mais tranquilo e obediente, enquanto o americano mais corajoso e confiante, por conseguinte, mais agressivo.

Temperamento

O traço determinante desta raça é que se trata de um cão extremamente autoritário, teimoso e manipulador, de forma que, seu dono precisará ter pulso firme para mostrar quem é que manda, para isso, é fundamental saber como adestrar seu Rottweiler o quanto antes.

O comportamento dele pode variar de um extremo a outro, pois dependerá muito da criação dispensada a ele, já que se for criado de forma disciplinada, com carinho e socializado desde pequeno, poderá se tornar um cão dócil, companheiro e obediente; no entanto se for negligenciado e deixado longos períodos sozinho, e pior ainda, preso, pode desenvolver uma personalidade instável, tornando-se nervoso e até agressivo.

Rottweiler2

De fato, os cães desta raça podem apresentar comportamento potencialmente perigoso sim, mas isso não se deve unicamente à predisposição genética, mas muito mais a uma posse irresponsável e negligente, associada à falta de socialização durante a infância e juventude do cão. Portanto, saber como cuidar de um filhote Rottweiler é a chave para a construção de sua personalidade e do sucesso da relação de vocês!         

Vantagens de se ter um cachorro Rottweiler

Apesar da aparência de “mau”, acalme-se... ele não é só uma fera grotesca! Não são cães nervosos nem de latir muito, ao contrário, são calmos, tranqüilos e amigáveis; de boa índole, muito devotos ao seu dono, são extraordinariamente dedicados ao trabalho, além de super obedientes e incorruptíveis. Possuem também facilidade de aprendizado que, aliada ao seu grande vigor físico, os tornam excelentes companheiros para a prática de esportes que necessitem resistência, como corridas, caminhadas, entre outros...

Inegável é também que, se você busca um cão de guarda, destemido e pronto ao ataque, está no caminho certo, posto que o Rottweiler tem por talento natural esta habilidade. Isso nos mostra quão versátil é esta raça!

Rottweiler filhote

Não são cães muito trabalhosos no quesito estético, pois sua pelagem é curta sendo bem fácil de ser cuidada, não necessitando de tosas, nem de banhos tão frequentes, pois não criam odores fortes tão facilmente. O amor e a fidelidade que estes caninos têm por seus donos os tornam dignos de serem respeitados, pois são capazes de atrelar seus laços de afeto e lealdade com seu dono à sua capacidade de defesa, tornando-se extremamente corajosos para defender seu líder até as últimas conseqüências.

 As fêmeas são mais tolerantes, se adaptam melhor ao ambiente familiar e desenvolvem, inclusive, senso de proteção pelas crianças. Imagens de Rottweiler como cão-guia, por exemplo, costumam causar espanto, mas esta é uma realidade crescente atualmente. Eis aí o Rottweiler: um verdadeiro Lord afetuoso e protetor!

Desvantagens de se ter esse guardião por perto

Por ser naturalmente dominante, não aceita muito bem a presença de outros cães por perto, pois aguça seu instinto de luta (afinal ele foi criado para repelir invasores de seu território de guarda, lembra?). Então, se você tem ou deseja ter outros animais em casa, deve repensar a ideia de adquirir filhotes Rottweiler, porque a menos que ele seja adestrado e criado desde pequeno junto aos demais, as chances dessa convivência dar certo, são muito pequenas!

Também se você não dispõe de tempo para dedicar a ele, desista! Não basta pagar alguém para exercitá-lo e passar tempo com ele, pois importante sim que ele gaste energia se exercitando, mas tão importante quanto, é que ele desenvolva afeto pelo dono e pela família que o cerca, até porque, trata-se de um cão naturalmente autoritário e precisa portanto, de um referencial de quem obedecer, ou seja, de quem manda. Já pensou se o seu Rottweiler tiver apenas uma pessoa de fora como referencial? Você não terá poder algum sobre ele!

Ele também precisa de espaço, e detesta ficar preso à coleira e correntes; definitivamente não é cão de apartamento, por mais espaço que este seja! Ele precisa de espaço ao ar livre... O ideal é ter uma espécie de canil caseiro para abrigá-lo e espaço externo para ele correr.

Etapas do crescimento – Um olhar e outro e ele já é um gigante

Não existe um ritmo de crescimento definido de forma absoluta para um Rottweiler filhote. Ocorre que existem alguns indicadores de que este crescimento está adequado ou não, como por exemplo, se o seu cão estiver significativamente abaixo do peso ou da estatura ideal para a idade; caso isso ocorra, basta averiguar quanto à nutrição do animal, se está adequada ou não.

Rottweiler filhote1

Normalmente os cães desta raça levam em torno de 12 a 13 meses para alcançar o peso ideal, já a estatura é desenvolvida de forma mais rápida até o 8º mês, ficando daí em diante mais lenta, podendo estender-se até o 10º ou 12º mês de idade, marcando-se então, a fase inicial da maturidade. Nos meses que seguem ocorrerá a solidificação óssea e o aumento da massa muscular; por isso nesta fase, o animal ainda não estará apto a suportar todas as atividades pesadas, que pelo vigor da raça suportaria.

Alimentação e cuidados

Em geral, a saúde dos cachorros Rottweiler é boa, não apresentando uma gama muito variada de doenças; contudo podem apresentar displasia de anca, devido ao seu grande porte, bem como torções de estômago.

A alimentação do Rottweiler deve equilibrada e de qualidade, pois, por ser de estrutura compacta, tem tendência à obesidade e sobrepeso. A prática de atividades físicas também devem ser uma constante, sendo recomendada ao menos duas vezes ao dia.

Pelo fato de possuírem pelagem lisa e relativamente curta, não necessitam de muitos cuidados estéticos, a não ser escovação diária com uma simples escova de borracha, além dos já conhecidos cuidados básicos recomendados para cães em geral, como banho, vacinação, controle de pulgas e carrapatos, etc. As orelhas curtas não têm pré-disposição à otite, bastando apenas cuidados básicos de limpeza. Beleza natural !!!

Adestramento e socialização, ainda quando filhote, também é fundamental, para que não haja problemas de convívio na vida adulta do animal. Os passeios e atividades externas ao seu território, devem ser sempre com coleiras resistentes, pois podem ficar instáveis na presença de outro animal.

Quem deseja adquirir um cão desta raça, pode procurar desde um anúncio em jornal, entitulado “venda de Rottweiller” ou caso deseje fazer uma busca online “comprar Rottweiler”, sendo certo que estas não são as opções mais adequadas de aquisição do animal. Sendo o mais indicado buscar um canil de Rottweiler, onde são assegurados a qualidade e procedência do animal.

Preço

O preço do filhote Rottweiler pode variar de acordo com o local de compra. Se você buscar no mercado informal pode encontrar cães em torno de R$ 500,00 a R$ 1.600,00; já se optar por locais mais adequados, como os canis específicos da raça, certamente terá de desembolsar valores mais altos, girando entre R$ 2.000,00 e R$ 3.600,00.

E por fim, fica a dica: É bom que você saiba tudo sobre Rottweiler antes de adquirir um, pois criá-lo é sim um desafio, mas certamente recompensador!

A raça Rottweiler está na categoria Cachorros Grandes