Dachshund

Cachorro Dachshund

Origem e história

O Dachshund é originário da Alemanha. Ele foi desenvolvido entre os séculos XVIII e XIX, quando os alemães procuravam por uma raça que tivesse a capacidade de cavar rápido os buracos na terra em busca de presas. No entanto, já existiam evidências da existência dos Dachshunds no século XVI, quando foram encontradas referências a um cão baixo e com pernas tortas, que era usado para escavar na terra e chamado de Dacksel ou Teckel. Corajosos, persistentes e agressivos com suas presas, o Dachshund era usado par caçar texugos, coelhos e raposas, além de javalis e porcos selvagens.

Dachshund

A raça foi levada para os Estados Unidos em meados de 1887 e já começou a desfrutar de uma grande popularidade. Em questão de pouco de tempo, o Dachshund já estava na lista das 10 raças mais registradas no Westminster Kennel Club Show. Entretanto, na Primeira Guerra Mundial, o cachorro Dachshund sofreu grande perseguição nos países que enfrentaram a Alemanha, assim como outros cães de raça com origem alemã. Os cachorros eram apedrejados e os seus criadores chamados de traidores.

Com o final da guerra, alguns amantes da raça importaram novos cães para dar continuidade à criação. Já na Segunda Guerra Mundial, o Dachshund era ainda mais admirado e popular que anteriormente, não sofrendo nenhum efeito devastador em virtude da sua origem.

Atualmente, o Dachshund é conhecido mundialmente como um cão de companhia, já que em virtude do seu porte pequeno, ele adapta-se facilmente a locais menores, como apartamentos e casas com pátios pequenos. No entanto, ele é bastante brincalhão e bagunceiro, podendo incomodar a vizinhança em virtude dos seus latidos fortes.

No Brasil, especialmente, ele conquistou grande popularidade em virtude de uma série de propagandas feitas pelo empresa Cofap – vendedora de suspensão de automóveis. Os comerciais, exibidos entre 1989 e 1993, usavam um cãozinho da raça Dachshund atuando em diferentes momentos, com bastante uso do apelo emocional. A partir disso, o Dachshund também passou a ser conhecido como cachorro Cofap.

Temperamento

Leal, protetor, ciumento, brincalhão e valente, esses são alguns adjetivos que caracterizam o Dachshund. Além disso, ele também pode ser considerado uma raça curiosa, que está sempre em busca de aventuras, e independente, visto que é raro vê-los grudados aos seus donos durante o dia inteiro.

Aliás, em virtude dessa independência, o Dachshund tem uma grande dificuldade de obedecer aos donos e de aprender aos comandos mais básicos, como o local certo de fazer as necessidades. Logo, os donos precisam ser pacientes e insistentes para que o pequeno Dachshund entenda e aceite de forma correta o treinamento.

Dachshund3

O Dachshund costuma apresentar alterações de humor, mas, apesar disso, adapta-se muito bem ao ambiente familiar e mantém um bom relacionamento tanto com adultos e crianças quanto com outros animais. Entretanto, o Dachshund é bastante ciumento, como já dito anteriormente, e costuma demonstrar mais esse sentimento com o seu “humano predileto” – ele “escolhe” quem será seu dono na família – e, em alguns momentos, chega a impedir com latidos que outras pessoas cheguem perto dele.

Dachshund característica física

O Dachshund tem um corpo longo, musculoso e compacto, e com patas curtas – sendo conhecidos também como “salsicha”, “linguicinha” ou “salsichinha”. Ele tem três tamanhos diferentes, que podem variar de 12 a 22 cm de altura e são definidos pelo seu peso, sendo eles, standard (em torno de 9 quilos), miniatura (entre 4 e 9 quilos) e toy (em torno de 3,5 quilos). A sua expectativa média de vida é de cerca de 16 anos, mas ele pode vir a viver mais ou menos do que isso dependendo da sua qualidade de vida.

Dachshund5

A sua pelagem, assim como seu tamanho, é dividida em três variações, sendo ela pelo curto, pelo duro e pelo longo. O primeiro caracteriza-se por ser curto, colado ao corpo, brilhoso e macio, enquanto que o pelo duro é áspero e espesso, além de ser mais longo na região das sobrancelhas, do focinho e do queixo.

Já o Dachshund pelo longo é ondulado, longo, brilhoso e macio. As cores da pelagem são divididas também em unicolor, bicolor e arlequim. A primeira consiste em um tom mais avermelhado ou amarelo, enquanto que a segunda refere-se aos cães pretos ou marrons com nuances castanhas. Já o Dachshund arlequim é cinza, preto ou vermelho.

Cuidados

Apesar do Dachshund ser agitado e brincalhão, ele não precisa de espaços muito grandes nem longos exercícios seguidamente. Passeios diários na calçada e brincadeiras em parques nos finais de semana satisfazem a sua necessidade de atividades físicas. Logo, isso permite que eles sejam criados em apartamentos ou em casas com pátios pequenos. No entanto, o Dachshund gosta de atenção e não curtem ficar longos períodos sozinhos nos ambientes, podendo incomodar a vizinha em virtude do seu latido forte e fazer bagunça pela casa.

Dachshund3

Os cuidados com a pelagem do Dachshud variam de acordo com o seu tipo. O pelo liso exige cuidados mais básicos, enquanto que os de pelagem longa precisam ser escovados cerca de duas vezes por semana e os de pelo curto, uma vez por semana. O cuidado ajuda na retirada dos pelos mortos e na atenção com possíveis dermatites ocasionadas por insetos.

Saúde

O Dachshund é uma raça de cães bastante forte, saudáveis e ativos, mas que necessita de atenção especial quanto ao controle do seu peso que pode ocasionar problemas na coluna vertebral dos cachorros – mais especificamente a doença do disco intervertebral, que costuma afetar cãs da raça Basset.

Além disso, essa doença também pode surgir em cães que têm o costume de subir e descer seguidamente escadas, portanto, é recomendável que os donos desencorajem seus cachorros a essas atividades. Exercícios diários, como caminhadas, já ajudam a prevenir esse problema. É importante também estar atento às datas de vacinas e vermífugos, além de fazer visitas regulares ao veterinários para verificar o surgimento de possíveis doenças.

Como cuidar

Assim como com outras raças caninas, o Dachshund necessita da atenção e da dedicação dos seus donos para ter uma vida feliz e saudável. Apesar de adaptar-se facilmente a ambientes pequenos, como o de apartamentos, ele precisa de passeios diários para exercitar-se e evitar sobrepeso.

Além disso, precisa de cuidados especiais com a sua coluna – visto que possui tendência para desenvolver problemas devido ao seu corpo longo. Os donos não devem incentivar o Dachshund a subir e descer seguidamente escadas ou saltar para cima de camas, sofás ou cadeiras.

Dachshund2

A pelagem do Dachshund também exige a atenção e os cuidados dos donos, especialmente os pelos longos e curtos, que precisam ser escovados cerca de duas e três vezes por semana, respectivamente. A escovação auxilia na remoção dos pelos que já estão mortos e facilita, para o dono, acompanhar o surgimento de dermatites que surgem em virtude da presença de pequenos insetos. Outros cuidados com o Dachshund estão ligados a visitas regulares ao veterinário, para o acompanhamento das vacinas.

Filhote de Dachshund: como educar

O filhote de Dachshund é muito agitado e teimoso, necessitando de bastante atenção durante os primeiros meses na nova residência. Além disso, ele precisa ser treinado e estimulado a obedecer desde cedo, visto que é uma raça um pouco teimosa e independente. Se mal treinado, quando adulto pode vir a desenvolver uma personalidade dominante, acreditando ser o líder da família, e não obedecer mais aos donos. A família precisa determinar em conjunto o que o pequeno Dachshund poderá fazer ou não. No entanto, é importante ressaltar, que o treinamento não deve envolver de forma alguma punições físicas, apenas voz firme e insistente já bastam.

Alimentação

A alimentação adequada da raça Dachshund é de extrema importância para o seu desenvolvimento, em razão disso sua dieta deve ser feita com o objetivo de atender as suas necessidades, sendo a ração o alimento ideal para isso. A quantidade de ração a ser disponibilidade para o cachorro durante o dia varia de acordo com o seu peso e tamanho, mas cães filhotes consomem uma média de 75 a 95 gramas por dia, enquanto que os adultos comem entre 55 e 75 gramas por dia. O Dachshund deve ser alimentado de duas a três vezes por dia e ter água sempre à disposição.

Preço

O preço médio de um filhote de Dachshund varia entre R$ 1.200,00 e R$ 3.000,00.

Dachshund canil

O Dachshund é uma raça já conhecida e bastante popular no Brasil – apesar de ser conhecida também por outros nomes como Basset, Teckel ou Cofap. Por isso, é fácil encontrar canis que especificamente cães dessa raça. Além disso, é ainda mais comum encontrar por locais que criam mais de uma raça e que possuem o Dachshund entre elas. A dica é buscar por locais na Internet, digitando o nome da raça e as variações pelas quais é conhecida, junto a palavra “canil” e o estado ou cidade onde mora.

Dachshund para adoção

Os casos de cachorros Dachshund sendo doados não são raros, visto que a raça é bastante popular no Brasil. Mas, a criação correta e apropriada gera gastos aos criadores, por isso, os cães de raça pura são raramente encontrados para doação. No entanto, sempre há casos em que as pessoas que já possuem o cão precisam se desfazer dele por algum motivo e optam por doá-lo. Nesses casos, a dica é prestar atenção em grupos existentes nas redes sociais voltados especificamente para a doação de animais de estimação. Além disso, há veterinárias que costumam divulgar cães que estão para doação.

A raça Dachshund está na categoria Raças